DER-MG reinicia obras em estrada que liga Barão de Cocais a Caeté

 669 Visualizações

O Governo do Estado, por meio do Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem (DER-MG), reiniciou as obras de pavimentação da MGC-262, trecho que liga Barão de Cocais a Caeté,  região central de Minas.

O trecho, que passa por melhoramentos, pavimentação, implantação e restauração, é de 24,60 quilômetros e contempla obras do contorno de Barão de Cocais, construção de viaduto sobre a ferrovia da Vale e instalação de viaduto metálico sobre a Ferrovia Centro Atlântica (FCA).

Os investimentos são da ordem de R$ 117 milhões, valor que inclui obra, material betuminoso, supervisão e desapropriação. A retomada da obra vai gerar cerca de 200 empregos diretos, conforme estimativa dos técnicos do DER-MG.

Atualmente, trabalhadores e maquinários se concentram na execução de terraplenagem e drenagem em oito quilômetros. Além disso, cinco quilômetros de pistas já foram pavimentados. A expectativa é a de que as obras sejam concluídas em novembro de 2022.

O trecho da MGC-262 corta uma extensa área de plantação de eucalipto, o que faz desta rodovia uma importante rota para escoar a produção de madeira.

Conforme dados da prefeitura de Caeté, o segmento abriga mineradoras e o distrito de Rancho Novo, onde moram mais de duas mil pessoas, região de menor IDH do município. 

Foto: reprodução

Desenvolvimento

“A concretização das obras de pavimentação asfáltica da MGC-262 é a realização de um sonho para a população caeteense. É uma luta que encabeçamos desde seu início por entendermos que essa via será de suma importância para a mobilidade daqueles que necessitam acessar de forma mais rápida a cidade vizinha de Barão de Cocais e adjacências, bem como servir de caminho alternativo para a BR-381, uma vez que o trecho entre Caeté e Belo Horizonte ainda é o mais crítico e que não recebeu obras de duplicação”, avalia o prefeito do Caeté, Lucas Coelho.

Segundo ele, a nova rodovia vai trazer desenvolvimento para o distrito de Rancho Novo, região que apresenta o IDH mais baixo do município, gerando oportunidades para os moradores na busca por emprego e estabelecendo pequenos negócios que atendam aos que passarem pelo trecho.

Para o diretor-geral do DER-MG, Robson Santana, a pavimentação da MGC-262 é um bom exemplo do impacto social que uma rodovia pavimentada pode provocar em um região ao ajudar a promover o desenvolvimento econômico. 

“ A nova rodovia vai  incrementar o turismo religioso, ecológico e histórico, uma vez que o trecho está inserido no circuito Estrada Real e vai se transformar em uma alternativa segura à BR-381”, avalia.

As melhorias na MGC-262 começaram em dezembro de 2017, sendo paralisadas um ano depois e retomadas em agosto deste ano. 

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.