ECONOMIA – Governador anuncia R$ 23,6 milhões para projetos no campus Itabira da Universidade Federal de Itajubá

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

 735 Visualizações

O governador Romeu Zema anunciou, nesta sexta-feira (3/12), em Itabira, na região Central do estado, repasses para o campus da Universidade Federal de Itajubá (Unifei) no município. Serão destinados R$ 23,6 milhões para dois projetos na unidade: a criação do novo Centro de Empreendedorismo da Unifei-CEU, no valor de R$ 15 milhões, e outros R$ 8,6 milhões para a construção do Centro de Educação – Ceduc Itabira. A iniciativa integra o Programa de Apoio às Universidades Federais em Minas Gerais, lançado neste ano pelo governo estadual.

Ao todo, 11 federais mineiras serão contempladas com recursos do programa, totalizando cerca de R$ 607 milhões para o desenvolvimento de 94 projetos. Os valores serão destinados para a realização de obras, a compra de mobiliários e equipamentos, entre outros usos, com prazo de execução estimado entre 5 e 28 meses.

Romeu Zema destacou que o programa busca uma maior integração das universidades públicas federais para desenvolverem projetos e ações conjuntas com a educação básica, além de promover a melhoria do ensino de qualidade em Minas.

“O Governo do Estado está aportando mais de R$ 600 milhões em diversas universidades federais para que obras de infraestrutura, laboratórios e centros de pesquisa sejam concluídos. Isso vai contribuir para que o nosso sistema educacional fique mais robusto e continue a formar profissionais em quantidade e qualidade para poder atender o mercado. Temos trabalhado forte para que a educação seja valorizada em Minas”, afirmou o governador.

Empreendedorismo

A Unifei foi fundada em 1913 e federalizada em 1956. Já as atividades no campus Itabira começaram em julho de 2008. Hoje, a Unifei opera nas instalações do Parque Tecnológico de Itabira e no primeiro prédio do complexo, que abriga espaços administrativos e de aprendizagem. O edifício possui cerca de 4 mil metros quadrados e foi projetado com foco na sustentabilidade, prezando pela eficiência energética e pela arquitetura de baixo impacto. O campus de Itabira é voltado à tecnologia e à inovação.

O reitor da universidade, Edson da Costa Bortoni, reforçou a importância do investimento do Governo de Minas na Unifei. “Esse recurso será destinado à construção do centro de empreendedorismo da instituição, que vai capacitar alunos e empresas da região a desenvolverem projetos e produtos. Com isso, vamos cumprir nosso propósito de ser um vetor educacional para Itabira”, disse.

O prefeito de Itabira, Marco Antônio Lage, lembrou que a gestão estadual conseguiu tirar do papel projetos prioritários. “Há 20 anos Itabira sentia falta de uma presença mais expressiva de investimentos e com a sensibilidade de acompanhar todo o processo de reconversão produtiva. Aqui também aplicamos este método de governo por planejamento, qualidade, rapidez e execução”, afirmou.

Também participaram do evento os deputados estaduais Bernardo Mucida, Guilherme da Cunha e Celise Laviola.

Trilhas de futuro

Ainda em Itabira, o governador acompanhou uma aula do programa Trilhas de Futuro no Senac da cidade, que recebe 121 estudantes do programa nos cursos técnicos em Finanças, Marketing e Redes de Computadores. Em todo o município foram oferecidas 1.020 vagas.

Cristiano Machado / Imprensa MG

Ao todo, o programa, que disponibiliza gratuitamente aos jovens cursos técnicos de formação profissional com perspectiva de empregabilidade, oferece 75 mil vagas em 110 municípios, com 58 opções de cursos, como enfermagem, segurança do trabalho, mineração, vestuário, meio ambiente, desenvolvimento de sistemas, mecânica, eletrônica, entre outros.

“Esse é um dos projetos mais importantes do Estado no momento. Nós precisamos qualificar as pessoas de forma mais adequada para que elas consigam atender o setor produtivo e, com isso, vamos resolver dois problemas: ter as empresas bem atendidas e as pessoas com emprego, renda e uma perspectiva profissional melhor”, destacou Romeu Zema. 

Ao todo, o programa recebeu 268.325 inscrições e 71.533 alunos foram matriculados. O investimento do Estado é de R$ 1 bilhão.

Outros investimentos

As escolas de Itabira também receberam investimentos do programa Mãos à Obra na Escola e em mobiliários e equipamentos.

No município, sete escolas estaduais foram contempladas com recursos do programa para a realização de 19 obras, somando investimento total de cerca de R$ 2,24 milhões. Ao todo, a iniciativa, que está em sua quinta etapa, já destinou, desde 2019, mais de R$ 360 milhões para a reformas e melhorias na infraestrutura de 1.327 escolas em todo o estado.

Outros R$ 5 milhões foram destinados pelo Governo para a compra de equipamentos e mobiliários para as unidades educacionais.

Fonte: Agência Minas

Leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *