Cantor Eduardo Costa é denunciado pelo MP por estelionato

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

 741 Visualizações

Cantor teria trocado uma casa na região de Capitólio, no Sul de Minas, por outra no Lagoa da Pampulha, em Belo Horizonte

O Ministério Público de Minas Gerais apresentou denúncia contra o cantor Eduardo Costa por estelionato. A denúncia foi distribuída para a 11ª Vara Criminal da Comarca de Belo Horizonte na última quinta-feira (25). A reportagem tentou junto ao MP ter acesso ao conteúdo da denúncia, mas o órgão disse que não iria se manifestar.

Um julho de 2018, o cantor prestou depoimento na Delegacia de Fraudes da Polícia Civil. Ele teria trocado uma casa na região de Capitólio, no Sul de Minas, por outra no Lagoa da Pampulha, em Belo Horizonte. O imóvel do sertanejo, avaliado em R$ 6 milhões, foi passado em troca da residência na capital mineira, que custa R$ 9 milhões.

Para quitar o restante do valor, Eduardo teria fornecido bens de luxo, como carros e barcos. O problema é que o terreno onde está a casa em Capitólio é alvo de investigação do Ministério Público Federal (MPF) por estar em Áreas de Preservação Permanente da região. Por isso a risco de demolição do imóvel.

O casal que adquiriu o imóvel na região de Capitólio entrou com uma representação na Justiça alegando que o cantor vendeu o imóvel sem avisar que existia esse agravo judicial.

Uma sentença do final de 2017 ordena que a parte construída em terreno irregular seja demolida. O processo movido pelo MP foi aberto em 2013 e a venda do imóvel foi em 2015.

No depoimento dado à polícia, Eduardo Costa disse que quando ele adquiriu esse imóvel, essa ação judicial já existia e alega que não fez a venda com má fé.

A reportagem entrou em contato com a assessoria do cantor, mas ainda não foi atendida. Este espaço permanece aberto para futura resposta.

Fonte: O Tempo

Leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *