Moeda Social Facilita chega a 2.462 famílias beneficiadas

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

 227 Visualizações

Em quase dois meses de implantação, e já em sua terceira fase, a moeda social de Itabira atinge cerca de 6,756 pessoas. Neste período, mais de R$ 750 mil foram injetados no comércio local por meio do programa municipal.

O número de pessoas beneficiadas pela moeda social Facilita segue aumentando. A terceira fase do programa permanente de transferência de renda teve início nesta quinta-feira (11). Segundo a Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS), 2.462 famílias já são atendidas, que somam 6.756 pessoas.

“A Facilita foi pensada para atender até 4.579 famílias itabiranas, o que significa um atendimento a 14.550 pessoas que se encontram em situação de pobreza ou de extrema pobreza. Esse quantitativo é o total de inscritos no CadÚnico do Governo Federal, usado para referenciar os programas sociais. Todo o cadastro é revisado e confirmado pelas equipes da Assistência Social. Até então, 2.846 famílias fizeram essa atualização, sendo que 384 famílias deixaram de ser elegíveis para o programa. O programa conta com 12 entrevistadores e seis assistentes sociais para este processo”, explica o secretário municipal de Assistência Social, Elson Alípio Júnior.

Um diagnóstico elaborado pela SMAS mostra que em Itabira existem 3.246 famílias em situação de extrema pobreza e 1.333 em situação de pobreza. Segundo os dados divulgados pela pasta, 1.733 famílias, ou 6.741 pessoas, estão em fase de atualização cadastral para serem inseridas no programa. “A Facilita traz uma proteção social que garante segurança alimentar a essas famílias. Com isso, estamos conseguindo implantar uma política pública municipal de combate a pobreza e de geração de renda”, completa Elson Júnior.

O cartão é carregado automaticamente, todo dia 10 de cada mês, com R$ 140,00. O valor não é cumulativo e deve ser gasto até o dia 30. Com este recurso, o usuário pode adquirir alimentos, produtos de higiene e gás de cozinha.

Implantada em 20 de setembro, deste ano, a Facilita já injetou no comércio local, até o momento, R$ 773.640,00. Ao todo, 64 estabelecimentos comerciais estão cadastrados e aptos a receber a moeda social. A previsão é de que até dezembro R$ 1.196.640,00 sejam gastos em Itabira por meio do programa municipal. A moeda eletrônica deve injetar no mercado itabirano cerca de R$ 30 milhões até 2024.

Em tempo

Na manhã desta quinta-feira (11), o prefeito Marco Antônio Lage esteve no Centro de Referência em Assistência Social (Cras), no bairro Pedreira. Durante a visita, o chefe do executivo municipal entregou, de maneira simbólica, cartões Facilita a oito famílias, marcando assim o início da terceira fase do programa. Até o momento, 236 famílias do Pedreira já foram beneficiadas pelo programa. Nesta etapa, um total de 549 famílias do município receberão o cartão.

“Criamos este cartão, que é permanente, para aquelas pessoas que precisam de apoio. A moeda Facilita tem o objetivo de diminuir a desigualdade social, colocar comida na mesa da nossa população e fortalecer o comércio itabirano. Nós que ocupamos um cargo público devemos cuidar das pessoas. Tenho um enorme carinho pelos moradores do Pedreira. Este foi um bairro que nos acolheu desde o primeiro momento. Aqui, a população entendeu nossa proposta de trabalho. Fico muito feliz em iniciar a terceira fase do Facilita aqui”, afirmou Marco Antônio Lage.

Fonte: ACOM-PMI

Leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *