Crasir recebe consultoria para as unidades demonstrativas frutíferas

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

 297 Visualizações

O Centro de Referência em Agronegócio Sustentável de Itabira e Região (Crasir) assinou um contrato de prestação de serviço com o engenheiro agrônomo Juscelino Eugênio de Siqueira Rabelo, ex-coordenador estadual de Fruticultura da Empresa de Assistência Técnica de Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater – MG).

Por meio desta parceria, o profissional orientará na condução do pomar, instalado na fazenda São Lourenço, onde funciona o centro de referência. A consultoria foi realizada no mês de junho e vai se estender ao longo de 2021 para proporcionar aos produtores rurais de Itabira um acesso às técnicas de cultivo, podendo verificar in loco o desenvolvimento das frutíferas.

De acordo com o secretário de Agricultura e Abastecimento, Mauro Lúcio Ferreira, essa iniciativa será muito importante para o acompanhamento da produção. “A consultoria é para acompanhar o desenvolvimento das mudas e das lavouras, que neste momento serão irrigadas, depois serão podadas e conduzidas. Em um determinado momento, vamos chamar os produtores para que eles conheçam o sistema de condução de plantas frutíferas e possam aplicar em suas propriedades”, afirma Mauro Ferreira.

Como funciona o Crasir

O Crasir é um projeto apoiado pela Prefeitura de Itabira, com participação da Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (SMAA). Conta ainda com o apoio do Sindicato Rural de Itabira, da Associação dos Produtores da Agricultura Familiar de Itabira (Apafi) e da Emater MG. O órgão foi criado para atuar no desenvolvimento de atividades de suporte aos produtores rurais, instalado na Fazenda São Lourenço, antiga Epamig.

O cultivo de mudas frutíferas como bananeira, goaibeira e videira é um dos trabalhos conduzidos pelo Crasir na fazenda São Lourenço. A implantação dessas unidades demonstrativas de frutíferas tem o objetivo de oferecer opções aos produtores rurais de Itabira e região, para incentivar a diversificação de produtos cultivados, com a utilização de técnicas adequadas para o cultivo.

Fonte: Prefeitura Municipal De Itabira

Leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *