Prefeitura de João Monlevade contrata mão de obra prisional

 278 Visualizações

Seis custodiados do presídio de João Monlevade estão prestando serviços para a Prefeitura de João Monlevade. A cessão da mão de obra prisional ocorre por meio de convênio judicial. Os detentos trabalham na Secretaria de Obras e Serviços Urbanos e são chamados conforme condições físicas e aptidões.

São disponibilizadas 25 vagas na administração pública. Devido à pandemia do coronavírus, os custodiados são liberados pela Justiça gradativamente. A seleção dos detentos é feita por meio de Comissão Técnica Interdisciplinar do presídio composta por vários profissionais como psicólogo, assistente social, assistente técnico jurídico e equipe de enfermagem.  

Para o trabalho, os custodiados recebem ¾ do salário mínimo e têm a pena reduzida em um dia para cada três trabalhados.

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.