Atuações do Flamengo: Diego Alves brilha nos pênaltis e garante título da Supercopa

 343 Visualizações

Golaços, viradas, polêmica, expulsão de treinador, clima quente, disputa de pênaltis, goleiros em destaque… Em um jogão com todos os ingredientes dignos de uma final, o Flamengo venceu o Palmeiras nas penalidades por 6 a 5 neste domingo (11/04), após empate por 2 a 2 no tempo normal, no estádio Mané Garrincha, em Brasília, e conquistou o título da Supercopa 2021 (decisão entre o campeão brasileiro e o da Copa do Brasil do ano passado). Raphael Veiga marcou os dois gols do Verdão no jogo. Pelo Rubro-Negro, Gabigol e Arrascaeta anotaram.

Na disputa de pênaltis, Diego Alves e Weverton brilharam, mas deu Rubro-Negro nos alternados com o último gol de Rodrigo Caio. Quem é melhor time do Brasil? Pelo resultado, podem até dizer que o campeão. Mas o fato é que Flamengo e Palmeiras têm tudo para, mais uma vez, dominar o protagonismo na temporada.

Diego Alves – Baita atuação. Salvou o Flamengo com grandes defesas, principalmente em falta cobrada por Raphael Veiga. Nas penalidades, brilhou ainda mais, com três pênaltis defendidos – Nota: 10

Diego Alves Flamengo — Foto: Marcelo Cortes / Flamengo
Diego Alves Flamengo — Foto: Marcelo Cortes / Flamengo

Isla – Boa atuação. Participou muito do ataque, descolou bons passes e cumpriu seu papel defensivo. Vacilou apenas em lance no fim do primeiro tempo com bote precipitado que quase resultou em pênalti – 6.0

Willian Arão – Foi batido por Raphael Veiga com muita facilidade no lance do primeiro gol. De resto, esteve quase perfeito fosse no jogo aéreo, fosse no combate ou na saída de bola – 6.5

Os pênaltis de Flamengo 2 (6) x (5) 2 Palmeiras, pela Supercopa do Brasil 2021
Os pênaltis de Flamengo 2 (6) x (5) 2 Palmeiras, pela Supercopa do Brasil 2021

Rodrigo Caio – Cometeu erros que não costuma cometer tanto na ocupação de espaços quanto no combate direto. Pênalti cometido em Rony não foi lance isolado. Cobrou o pênalti que garantiu o título – 5.0

Filipe Luis – Joga muito e com simplicidade. Quase marcou um golaço em jogada de futsal dentro da área no lance do gol de Gabriel. Sóbrio e eficiente em todas as jogadas – 7.0

Diego – Salvou o Flamengo ao evitar gol do Palmeiras em cima da linha. Firme no combate, não deixou de subir para armar as ações ofensivas mesmo contra um adversário de alto nível. Boa atuação – 7.0

Diego Flamengo — Foto: Marcelo Cortes / Flamengo
Diego Flamengo — Foto: Marcelo Cortes / Flamengo
Gerson – Não manteve o nível que atuação que acostumou o torcedor. Pouco efetivo nas ações ofensivas da equipe. Performance regular – 6.0

Everton Ribeiro – Participou bem do jogo, mas sem grandes lances decisivos. Teve a atuação comprometida por erro no ataque que resultou em jogada do pênalti para o Palmeiras – 5.0

Arrascaeta – Um dos melhores em campo. Marcou um golaço e participou de praticamente todas as jogadas ofensivas da equipe – 7.5

Bruno Henrique – Longe de apresentar o poder de decisão que fez dele um dos principais jogadores do elenco. Perdeu chance clara na frente de Weverton e pecou em tomadas de decisão pelas beiradas – 5.0

Gabriel – Chama muito a atenção a regularidade. Raramente joga mal ou não é protagonista. Muita movimentação, chamou o jogo para si e deixou sua marca – 7.0

Gabigol Flamengo — Foto: Alexandre Vidal / Flamengo
Gabigol Flamengo — Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

Entraram:

Matheuzinho – Discreto. Entrou no lugar do pendurado Isla e praticamente não participou de ações ofensivas – 5.5

João Gomes – Bem no combate direto é simples nas participações ofensivas. Não tem tanto a bola no pé como Diego, mas consegue fazer o time andar. Cada vez melhor – 6.5

Vitinho – Uma boa finalização e muitos passes para o lado. Espera-se mais de um jogador ofensivo – 5.5

Pepê – Entrou no fim – Sem nota

Michael – Entrou no fim – Sem nota

 

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.