Homem demorou quase uma hora para descer do prédio depois que namorada caiu da varanda em BH, diz testemunha

 510 Visualizações

Por G1 Minas

Polícia Civil vai ouvir a partir desta quarta-feira (25) pessoas que estavam na festa em que a administradora de imóveis Hilma Balsamão de Morais, de 38 anos, caiu de uma varanda e morreu no bairro Castelo, na Região da Pampulha, em Belo Horizonte. O caso aconteceu na sexta-feira (20).

Fotos e vídeos feitos por vizinhos mostram a movimentação de moradores, da ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e da polícia. Hilma caiu de uma altura de 15 metros em uma área privativa, no primeiro andar.

Hilma caiu de uma altura de 15 metros — Foto: Reprodução/TV Globo

Uma mulher que não quis se identificar disse que o dono da cobertura e namorado da vítima, Gustavo de Almeida Veloso, demorou 50 minutos para descer.

Hilma Balsamão, morreu depois de uma queda de uma cobertura, no bairro Castelo, em BH — Foto: Polícia Civil

“Quando a PM chamou que ele desceu. Estava com dois advogados ou delegado, a gente não sabe quem que é, com duas pessoas acompanhando ele”, contou.

Outro morador da rua contou que ouviu o que o Gustavo disse à polícia.

“Na hora que ele estava depondo com o sargento, ele falou que não a conhecia”, disse ele.

Hilma e Gustavo namoravam há sete meses, segundo a família. O que causa estranheza é que, segundo os parentes, Gustavo não foi ao enterro e nem procurou ninguém da família até agora.

As investigações estão a cargo do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa, que aguarda a conclusão do laudo pericial.

Gustavo de Almeida Veloso não foi encontrado pela reportagem para comentar o caso.

Relembre o caso

Segundo informações do boletim de ocorrência, na sexta-feira (20) um vizinho acionou a Polícia Militar, dizendo que ouviu discussões vindas do apartamento 401, onde Hilma estava desde o início da tarde. Logo após a confusão, o morador contou à polícia que escutou um forte barulho na área privativa do prédio.

Ao chegar na parte externa, o vizinho encontrou a vítima caída, com ferimentos na cabeça e no corpo. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e confirmou a morte da administradora.

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.