NEGROS E BRANCOS – Pesquisa indica que 61% dos brasileiros acreditam que o país é racista

 185 Visualizações

“Você tem inveja disso aqui”, diz, apontando para a própria pele. O trecho se refere ao caso de injúria racial que ocorreu em Valinhos, no interior de São Paulo, contra o entregador Matheus Pires Barbosa, dentro de um condomínio de casas, no dia 31 de julho. O que aconteceu com Matheus reflete na pesquisa feita pelo Instituto Paraná Pesquisas, que aponta que 61% dos brasileiros acreditam que o país é racista.

 
A pesquisa, que ouviu 2.240 pessoas nos 26 estados e no Distrito Federal, indicou que outros 34% dos brasileiros ouvidos não acreditam que o país seja racista. Outros 4,5% não opinaram ou não souberam.
 
A pesquisa também perguntou se o problema do racismo no Brasil é pior do que nos Estados Unidos. Neste caso, 67,6% dos entrevistados disseram que não, enquanto outros 22% pensam que sim. Outros 10,4% não souberam ou não opinaram. Foi em Minneapolis, no país norte-americano, que aconteceram as cenas que chocaram o mundo. Na ocasião, George Floyd, afro-americano era imobilizado com um joelho em seu pescoço em via pública pelo policial branco, Derek Chauvin. Floyd morreu asfixiado, o que gerou uma série de protestos em diversas nações.
 
E o que os brasileiros ouvidos pela pesquisa disseram sobre as oportunidades para negros e brancos no país? Para 56,7% dos entrevistados, não há chances iguais no Brasil, enquanto 43,3% discordam e acreditam que há situações similares para ambos.
 
Por outro lado, 59,5% dos entrevistados nunca presenciaram um ato de discriminação racial contra outra pessoa. Já 39,6% foram testemunhas de racismo. Outros 0,9% preferiram não responder. A maioria do público – 80,4% – nunca foi vítima de preconceito em razão da pele, o que não condiz com a realidade de 18,8%, parcela que foi vítima de injúria racial. Outros 0,8% não responderam.
 
 
Nas análises das questões por localidade, o grau de confiança atinge 95,0% para uma margem de erro de 3,0% para o estrato da Região Sudeste, onde foram realizadas 975 entrevistas, 4,0% para o estrato da Região Nordeste, onde foram realizadas 603 entrevistas, 5,5% para o estrato da Região Norte + Centro-Oeste onde foram realizadas 336 entrevistas e 5,5% para o estrato da Região Sul, onde foram realizadas 326 entrevistas.

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.