COVID-19 – Sem respeitar o isolamento a saúde em Itabira pode chegar ao colapso, diz secretária

Secretária defende o isolamento social – Foto: arquivo Via

A secretária municipal de Saúde de Itabira, Rosana Linhares Assis Figueiredo, fez um alerta a população nesta semana em que os casos suspeitos na cidade se aproximam de 300. “Se a comunidade não adotar o isolamento social e reduzir a velocidade de contágio do novo coronavírus, apesar da ampliação dos leitos em hospitais e aquisição de insumos, a rede entrará em colapso em médio prazo”.

A assessoria de impresa da prefeitura reforça o discurso e enfatiza que “não há cidade, estado ou país que esteja preparado para enfrentar o temido pico da pandemia do coronavírus”. Rosana reforça que esse é o entendimento da Prefeitura de Itabira. “Todas as medidas adotadas visam reduzir o impacto que a situação anunciada pode trazer. Para que as medidas funcionem, entretanto, é necessário que a população colabore e cumpra as regras propostas pela barreira sanitária. Em nenhuma cidade do país a ampliação da rede hospitalar será suficiente se a população não fizer sua parte. Apesar da ampliação dos leitos e aquisição de insumos, a rede entrará em colapso em médio prazo se a comunidade não adotar o isolamento social”, ressaltou Rosana Linhares.

* LEIA AINDA


As primeiras medidas adotadas pela Prefeitura foram adotadas no dia 16 de março, quando decreto assinado pelo prefeito Ronaldo Lage Magalhães (PTB) limitou o funcionamento do comércio, proibiu eventos com potencial de aglomeração ou público de mais de 100 pessoas e suspendeu as aulas nas redes pública e privada e visitas nos hospitais, asilos e presídio.

Mais dez casos suspeitos do Coronavirus (Covid-19), se juntam aos 249 investigados até ontem (08), em Itabira.

De acordo com novo boletim epidemiológico divulgado nesta quinta-feira (09), a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), contabiliza 259 pacientes suspeitos. O número de descartados (21), segue o mesmo, assim como o de confirmados (1), além de um óbito também aguardando resultados dos exames.

CALAMIDADE 

O prefeito de Itabira, Ronaldo Magalhães, assinou nesta terça-feira (07/04) decreto em que o Município reconhece a situação de calamidade pública em razão do agravamento da pandemia do novo coronavírus. O Decreto Municipal 3.226 será publicado nesta quarta-feira (08/04) no Diário Oficial do Município.

Com o instrumento, a Prefeitura poderá ter acesso a recursos federais para o enfrentamento do coronavírus e do momento atípico na cidade. Esse fluxo, contudo, depende da disponibilidade orçamentária e financeira por parte da União.

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.