Minas Gerais recebe doações de materiais e valores para combate ao coronavírus

 194 Visualizações

O Governo de Minas Gerais vem recebendo diversas propostas de doações de equipamentos, insumos hospitalares e aportes financeiros para enfrentar a pandemia do coronavírus. Nesta semana, o governador Romeu Zema anunciou que o Estado está arrecadando contribuições voluntárias de empresas e membros da sociedade civil que quiserem ajudar, de forma solidária, a conter a propagação do Covid-19.

“Estamos recebendo muita solidariedade de empresas, entidades e pessoas que gostariam de fazer contribuições para combatermos a pandemia em Minas Gerais. Sou muito grato a todos eles, que se juntam a nós nesse momento, buscando a melhor forma de combate ao Covid-19″, agradeceu o governador.

Dentre os materiais oferecidos estão produtos de limpeza hospitalar, máscaras, torneiras e louças sanitárias, equipamentos de proteção individual para os profissionais que atuam no enfrentamento ao vírus e materiais para potencializar o aumento de leitos de Centro de Terapia Intensiva (CTI). A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) preparou uma lista com materiais e especificações de acordo com as normas hospitalares, que é repassada aos interessados.

O coordenador-adjunto da Defesa Civil de Minas Gerais, tenente-coronel Flávio Godinho, destaca que as propostas de auxílio são essenciais para fortalecer o combate ao Covid-19, além de mostrarem a solidariedade dos mineiros. “Nós somos um povo forte, prestativo, e estamos acolhendo as pessoas que mais precisam de ajuda. Com as doações em dinheiro, conseguimos ter agilidade na compra e na negociação direta com os fornecedores de materiais e insumos da Saúde, que não são baratos”, frisa.

Entre as empresas e as organizações que procuraram o Governo de Minas para oferecer recursos financeiros e materiais estão: Ingleza; Sul Americana de Metais (SAM); Banco Mercantil do Brasil; Fiat, MRV, Cedro Cachoeira, grupo Sinalmig, Agropéu; Docol; Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), VLI Logística, Ambev e Conselho Regional de Nutricionistas da 9ª região. “Isso mostra a responsabilidade que empresas e empresários têm em ajudar o próximo. Afinal, temos que pensar nos 853 municípios do estado”, afirma Godinho.

A força-tarefa para arrecadar contribuições voluntárias em Minas Gerais, composta por representantes da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec), do Serviço Social Autônomo (Servas) e do Gabinete Militar do Governador (GMG), segue recebendo propostas. As contribuições podem ser feitas por meio do Portal MG, na aba “Covid-19 – doe aqui”.

Podem colaborar com a campanha pessoas físicas ou jurídicas que queiram ajudar. Os interessados devem entrar em contato por meio do link https://www.mg.gov.br/conteudo/geral/covid-19-doe-aqui. As dúvidas devem ser enviadas para o e-mail [email protected]br. 

Como funciona

A frente de trabalho recebe tanto materiais de prevenção ao contágio pelo coronavírus, quanto a arrecadações financeiras para compra de insumos e equipamentos hospitalares. Acessando o Portal MG, o interessado em realizar a doação preenche um formulário com nome e e-mail para contato. Nesse momento, já é possível inserir informações como discriminação dos itens a serem doados, valor estimado, local de retirada (em caso de bens), entre outras.

Caso esses dados não sejam informados no cadastro inicial, a área responsável pelas doações no Estado irá entrar em contato com o interessado e direcionar a doação dentro do Executivo estadual.

Para doação de recursos, será emitido um Documento de Arrecadação Estadual (DAE) pela Secretaria de Estado de Fazenda (SEF) para pagamento.

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.