COVID-19 – Vale avalia liberar mais funcionários de suas funções das áreas em Itabira

A mineradora Vale adotará novas medidas para reduzir o volume de funcionários em suas áreas operacionais em Itabira, devido ao risco de contaminação pelo coronavírus (Covid-19). Os trabalhadores do turno das 7h30 às 16h30, que tinham intervalo para almoço, serão divididos em dois, com uma parte da equipe trabalhando das 7h às 13h, o restante das 13h às 19h. As medidas foram anunciadas pelo presidente do Sindicato Metabase de Itabira e Região, André Viana Madeira.

“O restaurante deixará de servir o almoço e os trabalhadores estarão liberados para almoçar em casa. Além disso, a empresa vai garantir um adicional no cartão-alimentação do funcionário para que ele tenha um lanche”, enfatizou André Viana.

Ainda de acordo com o sindicalista, outra medida que será adotada pela mineradora para reduzir a aglomeração de funcionários será liberar das funções, temporariamente, todos os trabalhadores que fazem parte do grupo de risco. Diabéticos, hipertensos, pessoas com doenças respiratórias e idosos serão mandados para casa temporariamente. Com essas duas medidas e juntando com os trabalhadores que já estão fazendo home office, a estimativa da Vale é retirar 1,3 mil pessoas da área, pontuou o sindicato.

O presidente do Metabase disse ainda que a paralisação completa das atividades da Vale não está descartada. “Estes três sindicatos, Congonhas, Itabira e Mariana, não descartam essa possibilidade de pedir a interrupção completa das atividades da empresa. É uma forma de garantir que os trabalhadores tenham condições de se proteger dentro de suas casas. Vamos discutir essa possibilidade e devemos nos reunir com a Vale muito em breve para tratar desse assunto”, completou.

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.