Fred e Cruzeiro não se acertam em primeira reunião, mas tendência é que rescisão seja definida até o fim da semana

Superesportes

Acabou sem um desfecho a reunião entre diretores do Cruzeiro e os representantes do atacante Fred. As partes debateram qual a melhor saída para o futuro do atacante, que não aceitou reduzir os salários ao nível que os novos gestores da Raposa estavam dispostos a pagar. Há uma tendência pela rescisão, mas não há acordo sobre de que forma ela seria feita.
Fred não deverá permanecer no Cruzeiro em 2020 (Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro)

Participaram da reunião o diretor de futebol do Cruzeiro, Ocimar Bolicenho, o integrante do Conselho Gestor, Carlos Ferreira, além do próprio Fred e de seu empresário, Francis Melo. O atacante apresentou duas formas possíveis de saída, ambas mantidas em sigilo. Um empréstimo está descartado neste momento. A Raposa espera definir a questão até a próxima quarta-feira (22/01). 

 
A reportagem apurou que Fred até aceitou diminuir os vencimentos, mas não da forma como o Cruzeiro esperava. Para se ter uma ideia, ainda que o camisa 9 aceitasse reduzir metade do salário, ficaria muito distante do que o clube celeste poderia arcar neste momento de crise financeira.
 
Nesse domingo, Mário Bittencourt, presidente do Fluminense, afirmou que só aguarda a rescisão oficial do atacante com o Cruzeiro para iniciar as tratativas. Fred é um sonho antigo dos cariocas. Ele ressaltou que o Tricolor também trabalhará com ‘pés no chão’, dentro de sua realidade financeira, mas admitiu interesse no camisa 9.
 
“A gente não iniciou nenhuma conversa com o Fred enquanto ele tem vínculo com o Cruzeiro.A nossa ideia é, caso exista o rompimento com o Cruzeiro, e esse rompimento seja oficial, a gente começa a conversar com ele. Não houve nenhuma conversa prévia com ele nem com os representantes”, garantiu Mário Bittencourt.  
 
“É um desejo nosso, da nossa torcida, do clube, da presidência, repatriar nosso ídolo. Mas estamos trabalhando esse ano com pé no chão, dentro das nossas possibilidades. Vamos fazer tudo que tiver que fazer, mas dentro das nossas possibilidades, caso ele rescinda com o Cruzeiro”, complementou o mandatário carioca.
 
Fred foi contratado pelo Cruzeiro em dezembro de 2017, dias depois de rescindir seu contrato com o Atlético. O camisa 9 foi um dos primeiros reforços anunciados pela gestão do ex-presidente Wagner Pires de Sá. Em sua segunda passagem pelo Cruzeiro, ele atuou em 69 jogos e 25 gols. 
 

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.