Athletico-PR faz investida de R$ 9 milhões por 50% do zagueiro Cacá, e Cruzeiro rejeita oferta

O Cruzeiro renovou recentemente o contrato do zagueiro Cacá, mas poderia ter perdido a jovem revelação de sua categoria de base. É que o Athletico-PR apresentou nas últimas semanas uma proposta para comprar 50% dos direitos econômicos do jogador. 

Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro

“Sim, enviamos proposta pelo jogador Cacá. Antes do Vittorio (Medioli) se desligar do Conselho Gestor, mandamos a oferta, e ela foi apresentada na última reunião dele à frente desse núcleo de gestão. Mas o Cruzeiro nos informou que não venderia e acabou renovando o contrato do atleta. Essa é a verdade dos fatos”, confirmou o dirigente do time paranaense ao Hoje em Dia.

De acordo o último balanço patrimonial do Cruzeiro, Cacá teria 70% dos seus direitos econômicos ligados ao clube celeste. No entanto, o Banco BMG alega, conforme publicado pelo Superesportes, ter 35% do zagueiro. Informação contestada dentro da própria Raposa.

O Ubaense, clube atualmente com atividades suspensas na Federação Mineira de Futebol, seria o detentor de outros 30%. 

Na última segunda-feira o Cruzeiro anunciou a renovação contratual de Cacá, esticando o vínculo do jogador até dezembro de 2022. O acordo anterior venceria no fim deste ano, o que possibilitaria ao atleta, a partir de junho, assinar um pré-contrato com outro clube. 

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.