FRAUDE – Jovem se diz médico, comete erros em UPA em Santa Luzia, na Grande BH, e foge

Fingindo ser um médico plantonista, um homem atendeu dois pacientes na manhã deste sábado (8), na UPA São Benedito, em Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Descoberto após funcionários da farmácia desconfiarem das receitas incorretas que ele estava apresentando, o homem fugiu enquanto a polícia foi acionada.

A identidade do rapaz ainda é um mistério. Segundo a Polícia Militar (PM), quando os militares chegaram na UPA, ainda pela manhã do sábado, os servidores informaram que um “novo médico” estava atendendo desde o início da manhã. Os enfermeiros e farmacêuticos, contudo, disseram que ele estava apresentando prescrições equivocadas, com erros básicos de diagnóstico.

Aos policiais, o gerente da unidade disse que o homem, que não foi identificado e estava trajando jaleco similar ao de um profissional da área, disse que era residente, mas não informou em qual universidade se formou. Ele disse que era um plantonista indicado pela prefeitura para cobrir o plantão do fim de semana.

O gerente disse à PM, contudo, que não desconfiou de início do golpista pois o nome dado por ele constava no sistema administrativo da prefeitura. Ainda não se sabe se o nome era de fato do suspeito ou se ele estava se passando por outro profissional.

Descoberta

Quando os servidores da farmácia denunciaram ao gerente que os receituários dados pelo “plantonista” tinham inconsistências, o gerente decidiu averiguar o atendimento feito por ele. Para isso, pediu que um outro médico da UPA São Benedito conferisse os registros emitidos pelo golpista. Neles, de acordo com a PM, os funcionários encontraram vários erros.

Questionado pelo gerente, o homem contou histórias desencontradas e não soube informar onde havia se informado. Foi quando os funcionários decidiram acionar a polícia. O homem fugiu antes da chegada dos militares.

Segundo a PM, ele havia deixado um telefone de contato, mas ninguém atende as ligações efetuadas para o número. O caso foi registrado na delegacia de plantão da cidade e será investigado pela Polícia Civil.

O que diz a prefeitura?

Procurada, a administração municipal de Santa Luzia confirmou que um “golpista”, que “trajava uniforme típico de médico, se apresentou à portaria da UPA São Benedito como médico plantonista do dia.”

A nota diz ainda que, ao ser indagado pelos profissionais, o falso médico “alegou trabalhar também na UPA Centro-Sul e UPA Leste em Belo Horizonte Quando indagado sobre prescrições comuns que qualquer médico saberia indicar, foi constatada a completa ignorância do golpista, que evadiu do local rapidamente”

A prefeitura diz estar detalhando o ocorrido para verificar novos esclarecimentos.

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.