Brasil, Comportamento

Mãe atira e joga a própria filha do quinto andar de prédio em São Paulo

MSN

Carlos Agili: socorro para menina e negociação com a mãe (Matheus Prado/ Elizabeth Ferreira/Veja SP)

Teodora Garcia Barbosa, de 3 anos, atirada pela própria mãe do quinto andar de um prédio na Zona Oeste na madrugada desta sexta (24), foi socorrida pelos bombeiros sem ferimentos graves, informa o boletim de ocorrência. A menina teve a queda amortecida pelo carro do motorista de aplicativos Carlos Agili Júnior, que passava pelo local na hora e mora no edifício.

Agili chegava com a esposa do supermercado quando percebeu que um objeto caiu sobre o para-brisa de seu veículo. No instante seguinte, notou tratar-se de uma menina ainda enrolada em lençóis. “Ela quicou uns 2 metros do vidro para frente, no chão”, relatou.

Ele entregou a pequena para sua esposa e disse que tentou conversar com Fernanda, que estava transtornada, dizendo coisas desconexas e ameaçando pular do parapeito da janela de seu apartamento – o que ocorreu depois. Em certo momento, conseguiu acalmar a mãe, afirmando que levaria a menina de volta para cima.

Enquanto isso, Teodora era distraída com vídeos no celular. A menina foi encaminhada ao Hospital das Clínicas com ferimentos leves. Agili ainda contou que não é comum sair à noite para fazer compras. “Estou muito triste de ter presenciado essa cena, mas feliz que a criança sobreviveu”, declarou.

ARTIGO ANTERIORARTIGO SEGUINTE

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificação

Send this to a friend