Avenida Niemeyer é liberada após 36 horas de interdição

A prefeitura do Rio de Janeiro liberou às 19h05 a Avenida Niemeyer nos dois sentidos. A via estava interditada por 36 horas, devido a deslizamentos de terra na altura da comunidade do Vidigal. A Niemeyer liga os bairros do Leblon a São Conrado e é uma importante ligação com destino à Barra da Tijuca, na zona oeste.

A liberação da via foi uma decisão da prefeitura por conta da queda de uma viga do túnel acústico Rafael Mascarenhas, por volta das 12h de sexta-feira (17/05). O túnel faz parte do conjunto viário que forma a autoestrada Lagoa-Barra, a principal ligação entre as zonas sul e oeste.

A cidade entrou em estado de crise e o prefeito Marcelo Crivella anunciou que a Niemeyer seria liberada às 18h, mas como ainda tinha muita lama e água descendo das encostas ela foi liberada uma hora mais tarde.

No final da tarde, a prefeitura reabriu o túnel Zuzu Angel, via contígua ao Rafael Mascarenhas, e que havia sido fechada por segurança. A prefeitura está usando um desvio existente entre os dois túneis para o tráfego fluir entre São Conrado e a zona sul.

A queda da viga atingiu um ônibus, mas não houve vítimas. O acidente foi causado pelo deslizamento de terra que acabou forçando a viga de sustentação de uma das partes do túnel Rafael Mascarenhas, nome do filho da atriz Cissa Guimarães, morto em um atropelamento na saída do túnel.

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.