Com belos gols, Atlético bate o Vasco e conquista segunda vitória seguida no Brasileiro

Elias, em belo chute de fora da área, abriu o marcador para o Galo em São Januário (Foto: Bruno Cantini/Atlético)

O Atlético venceu pela segunda vez seguida no Campeonato Brasileiro. Na noite desta quarta-feira (1º/05), em São Januário, o Galo bateu o Vasco por 2 a 1. Os gols da vitória alvinegra foram marcados por Elias e Chará, em belas finalizações no ângulo do goleiro cruz-maltino Alexander. Maxi López descontou para o time carioca. [pro_ad_display_adzone id=”44899″ align=”right”]

O jogo não foi de encher os olhos. Foram muitos erros de passe e jogadas interrompidas por falhas técnicas dos atletas. Valeu para o Galo os belos gols marcados por Elias e Chará. 
 
Com a vitória, o Galo encerra a quarta-feira na segunda posição, com os mesmos 6 pontos do São Paulo. O Vasco segue sem pontuar na competição nacional.
 
Os dois times voltam a campo pelo Campeonato Brasileiro no fim de semana. Sábado, às 19h, o Vasco recebe o Corinthians, na Arena da Amazônia. No mesmo dia, às 21h, o Atlético visita o Ceará, no Castelão. 
 
O jogo
 
O técnico Rodrigo Santana manteve o esquema tático do Atlético para o duelo contra o Vasco (4-1-4-1), com Luan e Elias centralizados. Na defesa, Réver e Igor Rabello voltaram para a equipe, assim como Zé Welison, que entrou no lugar do vetado Adilson. 
 
O primeiro tempo foi de muita marcação e pouca inspiração das duas equipes. Com muitos erros de passes (45, sendo 24 do Galo), Vasco e Atlético não conseguiam criar. A primeira finalização aconteceu apenas aos 27 minutos, com Yan Sasse, que obrigou Victor a fazer grande defesa. 
 
O Galo teve muitas dificuldades na criação de jogadas. Centralizado, Luan desperdiçou boas chances em contra-ataque, como no fim do primeiro tempo, ao não conseguir acionar Geuvânio livre dentro da área. 
 
Para a etapa final, o técnico Rodrigo Santana perdeu Luan, que sentiu dores e pediu substituição. O treinador alvinegro acionou Maicon Bolt. Com isso, Chará passou a jogar pelo meio, enquanto o camisa 11 entrou em campo pelo lado esquerdo.
 
O jogo continuou no mesmo ritmo do primeiro tempo, com muitos erros de passe e pouca inspiração. As equipes não conseguiam criar chances de gol. Foi preciso um erro para a bola balançar as redes pela primeira vez. Após cruzamento, o goleiro Alexander socou mal a bola para fora da área. Maicon Bolt ganhou pelo alto e a redonda sobrou para Elias, de longe, acertar belo chute no ângulo e abrir o placar: 1 a 0.
 
Após o gol, o time carioca se abriu e ficou exposto. No contra-ataque, o Galo quase ampliou com Ricardo Oliveira, que parou em boa defesa de Alexander. Mas o empate não demorou muito. Pikachu chutou, a bola desviou em Réver e sobrou limpa para Maxi López, livre, finalizar sem chances para Victor: 1 a 1.
 
Depois do gol cruz-maltino, foi a vez de Victor salvar o Galo. Andrey lançou para Henrique, cara a cara, parar em grande defesa do goleiro alvinegro. No rebote, Maxi López, livre, na entrada da pequena área, chutou em cima de Igor Rabello.
 
No fim do jogo, o Atlético pressionou. Nathan, de fora da área, obrigou Alexander a fazer grande defesa. E o gol da vitória saiu aos 44’ do segundo tempo. Chará passou por Valdívia e finalizou no ângulo, sem chances para o goleiro vascaíno, para garantir o triunfo alvinegro: 2 a 1.

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.