Geral, TV

ESTREIA TERÇA – Nova Malhação traz luta de mãe adolescente e angústias por sexualidade

* Com informações de Estadão Conteúdo
Em Malhação – Toda forma de amar, que estreia na terça-feira na Globo, o amor prevalecerá nas relações. Joaquim Lopes, Paloma Duarte, Alanis Guillene e Pedro Novaes protagonizam a trama teen (foto: Estevam Avellar/Globo)

Malhação: Toda forma de amar estreia na próxima terça-feira (16/04) na Globo com histórias de amor que se cruzam. A primeira delas é a luta de Rita (Alanis Guillen), mãe adolescente moradora da Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro, em busca da filha que foi tirada de seus braços, dada como morta e entregue para a adoção por seu pai. Na missa de sétimo dia dele, a garota descobre a verdade e vai atrás da criança que, a esta altura, está sendo criada pelo casal Lígia (Paloma Duarte) e Joaquim (Joaquim Lopes). Eles também são pais de Filipe (Pedro Novaes) e sofrerão com a batalha judicial. Além disso, o folhetim de Emanuel Jacobina mostra a relação de jovens que testemunham um crime e se unem para lidar com questões como a violência urbana.[pro_ad_display_adzone id=”44899″ align=”right”]

“A Lígia enfrenta uma situação muito difícil, que é a disputa de uma filha na Justiça. É um tema sensível. Temos que tocar nesse assunto com muita responsabilidade”, afirma Paloma Duarte. Na trama, Rita se muda para a casa de Carla (Mariana Santos), amiga de sua falecida mãe, após a morte do pai. Lá, passa a buscar por informações do paradeiro da filha até encontrá-la. No entanto, a mocinha terá muitas dificuldades para provar à Justiça que pode ser uma boa mãe para a criança. Seu principal obstáculo será Lara (Rosanne Mulholland), advogada que é irmã de Lígia e tem o intuito de defender os interesses da família a qualquer custo.

“A grande motivação de Rita é ter a filha de volta. Vai ser uma luta dura, pois ela não imagina que a situação que presencia em uma van, entre outros fatores, pode acabar prejudicando a personagem no processo para ter a menina de volta”, adianta Alanis Guillen.

Rita testemunhará a retirada de um rapaz de dentro de uma van por homens armados. Além dela, Raíssa (Dora de Assis), Thiago (Danilo Maia), Jaqueline (Gabz), Guga (Pedro Alves) e Anjinha (Caroline Dallarosa) presenciam o crime. Todavia, os jovens não sabem o que fazer e resolvem criar um grupo em uma rede social para manterem contato. O laço formado nesse dia caótico acaba virando uma verdadeira amizade.

“É interessante perceber que, mesmo diante de todas as dificuldades, os jovens brasileiros, em sua maioria, são criativos, divertidos, éticos, solidários, tolerantes e amorosos. É sobre eles e suas manifestações de amor que vou falar”, entusiasma-se o autor Emanuel Jacobina.

AJUDA INESPERADA Rita contará com uma ajuda especial para se aproximar da filha: Filipe. Mesmo sendo da família adotiva da criança, o rapaz se sensibilizará com o drama da jovem e facilitará os encontros da mãe biológica com a pequena Nina. Assim, os dois acabarão se apaixonando e a batalha pela guarda se tornará ainda mais complicada.

“Não sei como o Filipe vai reagir, mas ele é um cara muito firme com a família, os coloca em primeiro lugar. Só que sente um amor descomunal (pela Rita). Então, o personagem vai entrar em conflito”, adianta Pedro Novaes. 

ARTIGO ANTERIORARTIGO SEGUINTE

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificação

Send this to a friend