Esportes, Futebol

Atlético e América tem jogadores convocados para as Seleções Brasileiras de base

Atacante Mateusão, do América, foi convocado para a seleção Sub-15, que se prepara para o Sul-Americano – Foto: CBF/divulgação

Minas Gerais segue como um dos principais celeiros de jovens talentos do futebol brasileiro. Prova disso são as presenças de jogadores de Atlético e América nas últimas convocações para as seleções brasileiras Sub-15 e Sub-17.

Do Galo, o goleiro Christian e o volante Neto, que já integra o elenco principal do alvinegro, foram chamados para a disputa do Sul-Americano Sub-17, que vai ser disputado no Paraguai, a partir do dia 21 de março.

O Atlético também cedeu quatro jogadores para a equipe Sub-15 do Brasil, que vai realizar dez dias de treinamento na Granja Comary, no Rio de Janeiro, no processo de preparação para o Sul-Americano da categoria, que vai ser realizado na Bolívia, em novembro.

Integram a lista do técnico Paulo Victor Gomes o goleiro Diego, o zagueiro Rômulo, o volante Victinho e o atacante Sávio.

Coelho representado

O América também estará representado na Seleção Sub-15. O atacante Mateus Lima, o Mateusão, que já foi convocado em outras oportunidades, foi lembrado novamente pelo técnico Paulo Victor.

Além do atacante, o América vai ceder o preparador de goleiro Marcos Paulo Gontijo, contratado recentemente pelo clube, que vai integrar a comissão técnica da equipe verde e amarela.

Amistoso na Granja Comary

Já de olho no Sul-Americano Sub-17, a Seleção Brasileira da categoria disputou um amistoso contra o time Sub-17 do América, nessa quarta-feira (12), na Granja Comary, e venceu por 2 a 0. Os gols do Brasil foram marcados por João Peglow e Gabriel Veron.

Apesar da derrota, o diretor de futebol de Base do alviverde, destacou a atuação dos garoto no duelo com a Seleção. 

“Fizemos um grande jogo, principalmente no segundo tempo. Tivemos uma bola na trave, além de boas finalizações e uma postura positiva. O time jogou muito bem, com muitas trocas. A experiência foi muito válida para nosso processo de formação”, avalia Paulo Bracks, Diretor de Futebol de Base, que acompanhou a delegação na viagem a Teresópolis.

ARTIGO ANTERIORARTIGO SEGUINTE

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificação

Send this to a friend