Auto Via, Mundo

EXECUTIVO NA PRISÃO – Principal advogado de Carlos Ghosn, ex-presidente da Nissan, pede demissão

O principal advogado de Carlos Ghosn anunciou nesta quarta-feira (13) que pediu demissão. Motonari Otsuru trabalhava para o brasileiro que está detido em Tóquio desde 19 de novembro acusado de fraudes financeiras.

O ex-promotor Otsuru enviou uma carta informando sua demissão ao tribunal, assim como a de seu colega Masato Oshikubo, informa um comunicado divulgado pelo escritório de advocacia.

Carlos Ghosn — Foto: Charles Platiau/Reuters

Carlos Ghosn — Foto: Charles Platiau/Reuters

A decisão, que não teve os motivos explicados, aconteceu antes da reunião prevista para quinta-feira entre advogados, juízes e promotores para preparar o julgamento de Ghosn.

O brasileiro é acusado de três crimes de abuso de confiança e de fraude fiscal entre 2010 e 2018, o que ele nega.

ARTIGO ANTERIORARTIGO SEGUINTE

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificação

Send this to a friend