Cultura, Música

Orquestra Ouro Preto transforma clássico ‘O Pequeno Príncipe’ em concerto

O romance original expressa o desencanto do escritor e aviador com a Segunda Guerra Mundial

Uai

Em abril de 1943, o francês Antoine de Saint-Exupéry lançou o clássico ‘O pequeno príncipe’. A obra expressava o desencanto do escritor e aviador com a Segunda Guerra Mundial. Rodrigo Toffolo, maestro da Orquestra Ouro Preto, transformou o romance em concerto. As canções originais foram compostas por

“Foram 10 meses de trabalho. Desconstruímos ‘O pequeno príncipe’ e escolhemos sete cenas para a adaptação”, conta o maestro. Os instrumentistas dividem o palco com bonecos criados por Eduardo Félix. Conceição Rosière assina a direção.

“O foco não é a orquestra, mas os bonecos e a narração da história, feita pelo Tim. É um concerto para narrador, esse é o diferencial”, explica Toffolo. “A gente não fala com as crianças, mas criamos o ambiente oportuno para elas fazerem as associações. O rei é representado pelo cravo, por exemplo. Já a cena do deserto é representada por um corne inglês, que tem um som mais árido”, revela.

ARTIGO ANTERIORARTIGO SEGUINTE

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificação

Send this to a friend