Comportamento, Minas Gerais

Bombeiros, PM e populares impedem suicídio no Centro de BH

Caso ocorreu em passarela que atravessa a Avenida do Contorno e liga a Rua Rio de Janeiro ao Bairro Floresta

[URIS id=56753]

 

Estado de Minas | fotos: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press 

Uma força-tarefa entre o Corpo de Bombeiros, a Polícia Militar e populares salvou a vida de um homem na tarde deste sábado. Segundo Wanderley Lemos Pereira, de 41 anos, o homem estava pendurado em uma passarela que liga a Rua de Janeiro ao Bairro Floresta, atravessando a Avenida do Contorno. “Eu estava com meu amigo na rua e quando eu vi, logo disse: ‘eu preciso ir lá. O cara precisa de ajuda”, relatou o cidadão que impediu o suicídio no primeiro momento.

De acordo com Wanderley, a Polícia Militar (PM) foi chamada por terceiros e chegou ao local cerca de cinco minutos depois dele. “Eu o prendi com meus braços primeiro. Mas aí vi que ele tinha risco de cair assim. Então, coloquei minhas pernas embaixo dos braços dele e segurei”, contou.

Wanderley informou, ainda, que segurou o homem por cerca de 12 minutos com os membros inferiores. “Minhas pernas já estavam doendo. O sargento da polícia precisou acionar os bombeiros mais de uma vez. Eles chegaram uns oito minutos depois da PM”, explica.

Um militar do Corpo de Bombeiros se amarrou na grade da passarela e salvou o homem instantes depois. “Eu espero que ele esteja bem. Foi Deus que me deu coragem para ajudá-lo naquele momento difícil”, ressaltou Wanderley.

ARTIGO ANTERIORARTIGO SEGUINTE

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificação

Send this to a friend