Economia, Itabira

SINDICATO RURAL DE ITABIRA – Bananicultura tem diagnóstico próximo de conclusão

AgroWin obtém avanços

A segmento do AgroWin se reuniu, dia 7 de dezembro na sede do Sindicato Rural de Itabira, para deliberar sobre: regularização da agroindústria, pertinente a técnica extensionista da Emater Cibele Morais, fomento a cadeia produtiva da bananicultura, próximos passos da Central de Compras e a segurança no meio rural.

Participaram do evento: Evando Lage Avelar, presidente do Sindicato Rural, acompanhado da operadora da Central de Compras, Janete Ferreira, Fábio Saez superintendente da Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento, Mauro Ferreira da Emater, e Célia Gomes da Acita, que faz a gestão do segmento.

A pesquisa de mercado e demanda da cadeira produtiva da banana está em fase de execução, e deve ser entregue junto com o levantamento da Acita sobre o mercado consumidor. Alguns agricultores serão consultados dia 17 de dezembro, quando estiverem na área urbana do município.

Vigilância Sanitária, o SIM (Serviço de Inspeção Municipal) ligado a administração pública e a Emater, com Cibele Moraes, darão andamento ao processo de regularização da agroindústria, ao orientar o produtor sobre procedimentos necessários para atender as normas de produção de itens com origem animal.

Na segunda-feira (10) a responsável pela operacionalização da Central de Compras vai consultar os produtores sobre o próximo item que será adquirido São opções: milho, sal mineral, arame para cercamento, postes e estacas. O cenário do adubo permanece inalterado, impactado pela variação do dólar e período de safra.

O Conselho de Desenvolvimento Rural Sustentável se reuniu para tratar da segurança na área rural, e o encontro teve frutos com envolvimento do Consep (Conselho Comunitário de Segurança Pública), Acita, Polícia Militar, Cenibra, Sindicato Rural e Emater. Um projeto piloto com monitoramento no distrito de Senhora do Carmo será implantado.

Também estão previsto estudo de oferta de internet via rádio, facilitando como  meio de comunicação de informações, para prevenção de crimes na área e disseminar dicas de auto-proteção, mapeamento por GPS, usando equipes de inteligência e compartilhamento de monitoramento da Cenibra, e melhoria de acessos.

ARTIGO ANTERIORARTIGO SEGUINTE

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificação

Send this to a friend