Prefeitura contrata empresa para complementar serviços de limpeza urbana

Na próxima segunda-feira (10), a Prefeitura iniciará o contrato de limpeza urbana para dar suporte e complementar os serviços prestados pela Empresa de Desenvolvimento de Itabira (Itaurb) e do programa Cidade Limpa.

Durante 12 meses, 45 funcionários divididos em três equipes farão, de segunda a sexta-feira, serviços de capina, roçada (manual e mecanizada), recuperação de calçadas, praças, áreas verdes e espaços públicos; troca e pintura de meio-fio; limpeza de boca de lobo, assentos públicos e paredões.[pro_ad_display_adzone id=”44899″ align=”right”]

“No primeiro momento, o trabalho será na região central da cidade. Vamos recuperar áreas, calçadas, pintar os meios-fios etc”, explicou Robson da Costa Souza, secretário municipal de Desenvolvimento Urbano. “Pretendemos arrumar o Centro para o aniversário da cidade, assim como os Caminhos Drummondianos, importante para o turismo e quando estiver tudo pronto, partiremos para os bairros”, completou Dulcenéa Calmon Castro, superintendente de Serviços Urbanos. Os bairros receberão limpeza pesada, incluindo capina e roçada. Nas ruas principais, segundo ela, os meios-fios serão pintados.

Outro ponto importante sobre este contrato é sua atuação na prevenção de doenças como dengue, chikungunya, zika e febre amarela, já que a limpeza urbana é, segundo Dulcenéa Castro, fator essencial estabelecido pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) para impedir criadouros do mosquito Aedes aegypti, “assim como a proliferação de outros insetos nocivos à saúde”.

Também constam neste contrato, serviços inéditos que a Itaurb não presta, como por exemplo, limpeza de boca de lobo, pintura e recuperação de praça. “A cidade cresceu muito e precisamos desses complementos. A solicitação para limpar boca de lobo é grande e isso era feito com funcionários emprestados do departamento de obras da Prefeitura, o que não é adequado. Agora vai ter uma empresa para atender essa e outras demandas”, avaliou a superintendente de Serviços Urbanos que, informou ainda o prazo para revitalizar diversos pontos do município. “Nossa meta é de até o natal estarmos com uma cidade diferente, mais limpa e organizada”.

LEIA MAIS

Comentários 1

  1. Alfredo Júlio says:

    Não era melhor fazer um concurso publico e aumentar o efetivo da Itaurb , dessa forma todos os desempregados como eu poderiam participar do processo e concorrer de forma igualitária as vagas disponibilizadas . Mas , o interesse principal ,pelo que se vê é criar vagas para apadrinhados políticos de vereadores e autoridades municipal. Viva a impessoalidade , a transparência , a coletividade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.