Marcio Lacerda derrota a “velha política” e reúne ampla aliança

Um dia após oficializar o apoio de sete partidos em torno de sua candidatura e se firmar como única alternativa de terceira via nas eleições para o governo de Minas, Marcio Lacerda falou nesta terça-feira, dia 7, sobre os desafios que irá enfrentar para tirar Minas Gerais dessa que, segundo ele, é a pior crise da história do estado.
 
O ex-prefeito de Belo Horizonte reafirmou a importância de haver reunido PSB, MDB, PROS, PV, PDT, PRB e PODEMOS na Coligação “Minas Tem Jeito”, que terá como vice-governador o presidente da ALMG, deputado estadual Adalclever Lopes (MDB), e no Senado o deputado federal Jaime Martins (PROS). Os dois suplentes serão o ex-vereador Daniel Nepomuceno (PV) e Sirley Soalheiro (PDT). Marcio condenou os “representantes da velha política” que tentaram anular sua candidatura no tapetão e falou também sobre a necessidade de inaugurar um novo ciclo de desenvolvimento em Minas encerrando a polarização entre PT e PSDB.  
 
“Minas Gerais resiste e vive hoje um dia histórico. Conseguimos reunir em torno do meu nome um conjunto de forças que têm em comum a vontade e a firme disposição de enfrentar a maior crise da história do nosso estado. Temos convergências para oferecer ao povo mineiro um caminho alternativo a essa improdutiva polarização entre PT e PSDB que vem prevalecendo em Minas Gerais nos últimos 20 anos. É hora de mudar”, disse Marcio.

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.