Nivaldo Ferreira

Nivaldo Ferreira – Movimentos comunitários!

No dia 1º de julho de 2018, primeiro domingo do mês, foi realizada a reunião mensal da Interassociação com representantes de Associações de Moradores, conselhos municipais e outras entidades da comunidade de Itabira.

Apresento a seguir um resumo do que foi discutido na reunião:

* Rosimeire Álvares, presidente da Interassociação, informou sobre as atividades que a Interassociação está preparando para os próximos meses, destacando, primeiramente, o 24º Congresso Municipal das Associações de Moradores de Itabira, que será realizado no dia 28 de julho, de 8 às 13 horas, na sede própria da Interassociação, que está sendo construída à Avenida Duque de Caxias, 980 – Esplanada da Estação. As entidades interessadas em participar devem fazer a inscrição de seus representantes na sala 42 do Mercado Municipal “Caio Martins da Costa” – Av. João Pinheiro, 535 – Centro, até na quinta-feira, 26 de julho. No ato da inscrição será recolhida uma taxa de R$ 5,00 (cinco reais) por pessoa inscrita, para ajudar nas despesas necessárias à organização e realização do evento – a programação inclui: Credenciamento; Abertura; Palestras e debates sobre “Organização das Associações” e “Educação Ambiental”; Encerramento. Quem quiser mais informações deve entrar em contato com a Interassociação pelo telefone (31)3834-0874;

* Outro evento destacado pela presidente da Interassociação foi o Dia Municipal do Líder Comunitário, que será comemorado em uma cerimônia a ser realizada no dia 5 de agosto, a partir das 9 horas, também na sede própria da Interassociação – neste evento serão homenageadas pessoas que se destacaram nos trabalhos comunitários nos últimos 12 meses, cujos nomes serão definidos em conjunto com as associações de moradores, que devem apresentar seus indicados até o dia do Congresso Municipal das Associações de Moradores, 28 de julho;

* A presidente da Interassociação informou também que até o início do próximo mês será divulgado o edital de convocação para eleição da nova diretoria da entidade, devendo ser realizadas em agosto as inscrições de candidatos, em setembro a votação para eleição de presidente e vice-presidente, e em outubro a posse da nova diretoria;

* Francisca Lilian comentou sobre a implantação dos conselhos locais de saúde, informando que já estão funcionando os conselhos locais da Chapada e da Gabiroba de Baixo e atualmente estão sendo implantados os conselhos locais de saúde dos Bairros Campestre, Nova Vista, Betânia e Clóvis Alvim, Santa Ruth e Santa Marta;

*Maria Aparecida, vice-presidente da Associação dos Amigos do Bairro Bela Vista, sugeriu que sejam divulgados nos pontos de ônibus os horários das linhas do transporte coletivo e convidou a todos para participar das reuniões mensais da Associação do Bela Vista, que ocorrem na segunda terça-feira de cada mês, às 19 horas, na sede da entidade;

* Rafael, representante do bairro Clóvis Alvim, comentou que o Conselho Municipal de Esportes está com suas atividades paralisadas – ele afirmou que “não estão ocorrendo reuniões, parece que esse Conselho morreu…”;

* Raimundo Nonato, da Associação dos Amigos do Bairro Betânia, agradeceu a Francisca Lilian e “o pessoal do PSF” pela ajuda na organização do Conselho Local de Saúde e informou que a Festa Junina realizada pela comunidade em 16 de junho foi um sucesso.

POTENCIAIS DE ITABIRA

Recebi recentemente mais uma contribuição do nosso amigo e leitor José da Costa Dias, o Zezito, do Centro. Desta vez ele comenta sobre os potencias de Itabira para buscar alternativas para a diversificação econômica do município.

Inicialmente ele destaca em seu texto a área rural de Itabira e a necessidade de conservar as nascentes e cursos d’água, além das possibilidades de exploração econômica a partir da agricultura, com plantio de cana-de-açúcar e outras culturas que possam ser utilizadas para produzir combustíveis menos poluentes que o petróleo, como álcool e biodiesel.

Em seguida, Zezito lembra também a possibilidade de utilizar matérias-primas existentes em nossas áreas rurais para fabricar tijolos, louças, cerâmicas e produtos artesanais. Outra alternativa, também ligada à zona rural, é a produção de alimentos de origem vegetal, principalmente por meio da agricultura familiar, bem como de alimentos de origem animal e até mesmo produtos mais elaborados na área de alimentação, como biscoitos, pães, bolos, queijos, linguiças e outros.

Zezito lembra que Itabira tem atualmente quase 120.000 habitantes, um grande número de pessoas em busca de novas alternativas de trabalho, boas estruturas na área de saúde e educação, escolas de todos os níveis de ensino, hospitais e clínicas que atendem pessoas de várias cidades da nossa região, ligação asfáltica com todos os municípios vizinhos, uma malha ferroviária subutilizada e diversas estruturas disponíveis para desenvolver atividades nas mais variadas áreas, incluindo turismo, esportes, cultura, gastronomia e muito mais. Em relação a essas áreas, ele lembra o potencial para desenvolver eventos na área da literatura, utilizando o Museu de Território “Caminhos Drummondianos”, Memorial Carlos Drummond de Andrade e outros espaços públicos e privados, além de vários talentos na área da música e em outras artes.

Resumindo: não nos faltam potenciais, mas precisamos organizar melhor todas essas atividades para que Itabira se desenvolva em todas as áreas. Até a próxima!

ARTIGO ANTERIORARTIGO SEGUINTE

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificação

Send this to a friend