No Mineirão – Cruzeiro leva um gol em cada tempo e perde amistoso para o Corinthians

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

 112 Visualizações

Cruzeiro até pressionou o Corinthians em alguns momentos, mas não conseguiu balançar a rede

No duelo entre os atuais campeões nacionais, o vencedor da Copa do Brasil de 2017 não foi capaz de superar o ganhador do Brasileiro do ano passado. O Cruzeiro levou um gol em cada tempo e  perdeu para o Corinthians por 2 a 0, em amistoso realizado na noite desta quarta-feira, no Mineirão.  O atacante paraguaio Ángel Romero e o zagueiro Pedro Henrique anotaram os tentos da partida.

Na próxima quarta-feira (11/7), às 20h, mineiros e paulistas se reencontram em novo amistoso, desta vez na Arena Corinthians, em São Paulo. Será mais uma oportunidade para que Mano Menezes dê ritmo ao grupo visando ao retorno às competições oficiais. O Cruzeiro enfrentará o Atlético-PR no dia 16 de julho (segunda-feira), às 20h, no Mineirão, pelo confronto de volta das oitavas de final da Copa do Brasil. Na ida, em Curitiba, a Raposa ganhou por 2 a 1.

O JOGO

O Cruzeiro não pôde colocar o que tinha de melhor diante do Corinthians porque perdeu os atacantes Sassá e Raniel por lesões. Enquanto o primeiro parará pelos próximos três meses em função de lesão na cartilagem do joelho esquerdo, o segundo sofreu um edema na coxa esquerda. Assim, o técnico Mano Menezes recorreu a Rafael Sobis, já que também não contou com Arrascaeta (a serviço do Uruguai na Copa do Mundo) e Fred (em processo de reabilitação de cirurgia no ligamento cruzado anterior do joelho direito).
 
Sobis mostrou muito empenho, sobretudo na ‘briga’ pela posse da bola com os defensores corintianos, mas não conseguiu transformar a vontade dentro de campo em situações de perigo para o Cruzeiro. Os chutes do camisa 7 eram mal direcionados ou, quando iam no rumo da meta, facilmente defendidos pelo goleiro Walter. Outros atletas do setor ofensivo da Raposa, casos de Robinho, Rafinha e Thiago Neves, também falharam em suas conclusões. A Raposa tentou oito vezes na etapa inicial e desperdiçou todas.
 
O Corinthians, que apresentou proposta para contra-atacar, pegou a defesa celeste de surpresa logo aos 13min, depois de um escanteio mal aproveitado pelos donos da casa. Walter cobrou tiro de meta com força, por cima dos zagueiros Dedé e Leo, que tentavam voltar à defesa. Os laterais Edilson e Egídio, responsáveis pela sobra, não acompanharam a dupla Clayson e Romero. O toque final na saída do goleiro Fábio foi do atacante paraguaio: 1 a 0.
 
No intervalo da partida, tanto Mano Menezes quanto Osmar Loss modificaram bastante suas equipes. O comandante cruzeirense trocou nove jogadores, mantendo apenas Lucas Silva e Rafael Sobis. Já o treinador do Timão substituiu 10 peças, deixando somente o goleiro Walter.
 
Na segunda parte, o Cruzeiro voltou bem melhor, fazendo tabelas no campo de ataque e acuando o rival. Escalado no meio-campo, o lateral-esquerdo Patrick Brey teve a chance de marcar o primeiro gol pelo clube, após Walter rebater chute cruzado de Marcelo Hermes. Contudo, a finalização de voleio foi por cima do gol. Aos 11min, foi a vez de Rafael Sobis roubar a bola de Ralf, tabelar com Mancuello e chutar rasteiro para boa defesa de Walter.
 
Quando dava sequência à pressão e lutava para empatar o amistoso, o Cruzeiro levou o segundo gol do Corinthians. Jadson cobrou falta pelo lado esquerdo e achou o zagueiro Pedro Henrique, que quase na pequena área tocou de pé direito para o fundo das redes de Rafael: 2 a 0. Mano Menezes tentou aumentar a pressão sobre o adversário com a entrada do atacante Marcelo no lugar de Lucas Silva, mas o Timão segurou as pontas e garantiu a vitória no Mineirão.

Leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *