App ajuda pais deficientes auditivos a diferenciar choro de seus bebês

RPA | Foto: Inside Edition/Reprodução

Com o passar do tempo, os pais aprendem a distinguir quando o bebê chora para que prestem atenção nele ou para que o peguem no colo. Mas, o choro do pequeno pode ter motivos sérios, como uma febre ou outro problema de saúde mais grave.

Essa capacidade de diferenciar um choro do outro, no entanto, é afetada pelos pais que tem problema de audição, pois infelizmente eles  não conseguem ouvir as diferentes nuances do som quando seus bebês choram.

Foi pensando nisso que a médica Ariana Anderson, do Centro Médico da Universidade da Califórnia e Instituto Semel, com o suporte de profissionais da área de tecnologia, desenvolveu um engenhoso aplicativo chamado Crybaby (na tradução, algo como “Choro de Bebê”), ainda em fase de testes, segundo informações do GNN.

Ariana é mãe de quatro filhos e percebeu, durante os primeiros meses da maternidade, que tinha aprendido a interpretar o choro de seus filhos. Como forma de ajudar pais deficientes auditivos, ela desenvolveu o Crybaby, para alertar esses pais quando seus filhos estão chorando e o motivo do choro.

A médica compilou mais de 2 mil choros de bebês em um banco de dados. Assim, o app é capaz de interpretar as necessidades da criança com uma precisão de até 90%. Por exemplo: se há longos períodos de silêncio entre choros, isso significa que o bebê quer apenas ser “mimado”. Entretanto, se os choros do pequeno são longos e prolongados, é sinal de que ele sente alguma dor.

O aplicativo ainda não está pronto, mas os pais deficientes que testaram o Crybaby disseram que ele é uma ferramenta útil e valiosa para cuidar dos seus bebês. Vamos torcer para que em breve ele esteja disponível nas lojas de aplicativos!

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.