Programa de plantio de hortaliças vai beneficiar 200 famílias da zona rural de Itabira

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

 121 Visualizações

O Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável de Itabira (CMDRS)  está desenvolvendo o Programa Municipal de Segurança Alimentar – Hortas Domésticas em Propriedades Rurais, para beneficiar famílias da zona rural, de baixa renda e incentivar o cultivo de hortaliças diversas para o consumo próprio. O programa visa resgatar o plantio de hortas caseiras, para ter verduras de qualidade em casa. A Acita – Associação Comercial Industrial de Serviços e Agropecuária de Itabira faz parte do conselho e apoia esse programa.

Palestra na comunidade do Morro Santo Antônio

O Programa é desenvolvido ininterruptamente, desde o início dos anos 2000 e até os últimos anos contava com repasse, de sementes, de órgãos públicos, mas esses não têm repassado daí surgiu a necessidade de buscar novas parcerias.  Por uma iniciativa do Conselho, uma nova proposta foi apresentada de conquistar parceiros no setor privado e entidades. A captação de parceria com as empresas Comabem Refeições Coletivas e Belmont Agropecuária e das entidades como o Sindicato Rural e a Loja Maçônica União e Paz vai proporcionar o atendimento a 200 famílias em oito localidades da região de Itabira. Serão oferecidas duas palestras nas localidades e uma palestra em um núcleo escolar rural para orientar a população.

De acordo com o engenheiro agrônomo e técnico da Emater, Mauro Lúcio Ferreira o programa visa diversificar a horta para melhorar a qualidade da alimentação, o resultado é social. “É um programa que tem um grande alcance com um custo benefício baixo, é importante mais empresas participarem para que possamos atender outras famílias”, disse Mauro.

As agentes de saúde dos PSF’s – Programas de Saúde da Família, da zona rural serão responsáveis pela distribuição de um kit com envelopes de sementes de hortaliças para cada família beneficiada. As famílias foram selecionadas de acordo com a necessidade e disponibilidade para o plantio. A distribuição dos kits já deve ter início na última semana do mês de junho. Neste primeiro momento serão beneficiadas oito localidades, que foram selecionadas pelo Conselho. Serão distribuídas sementes nas comunidades de Santa Catarina e Turvo, em Ipoema, Serra dos linhares, Campo Gordura, Sabaio e Bom Jardim no distrito de Senhora do Carmo e Morro do Chapéu e Machado, em Itabira.

 

Leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *