Itabira, Saúde

ITABIRA – Sintsepmi reabre clínica odontológica para o servidor

Coffee break recepcionou os servidores na reabertura do espaço na manhã desta quinta-feira
O local onde funcionava o atendimento odontológico dos servidores públicos municipais de Itabira, anexo da Secretaria Municipal de Obras, Transportes e Trânsito, na rua Ireni Barbosa, s/n bairro Pará, foi reaberto na manhã desta quinta-feira (14). Em parceira com a iniciativa privada, o Sintsepmi (Sindicato dos Trabalhadores e Servidores Públicos Municipais de Itabira) reabriu o espaço agora como clínica médica com as especialidades: odontologia, endocrinologia, oftalmologia e clínico geral. O Clube de Vantagens da Família está sob gestão de Vinícius Farias Rocha.
 
“A gente reabriu a clinica do servidor, um projeto que existe há bastante tempo. Nesse trabalho muito bacana no Sindicato, expandimos as especialidades com preço mais acessível. Na parte odontológica teremos todas as especialidades na clinica, com tudo mais barato para o servidor e seus dependentes. Procedimentos como limpeza e restauração para o titular, o conjugue e os filhos até doze anos serão gratuitos. O Sintsepmi vai proporcionar essa atenção aos seus filiados,” explicou Vinícius Rocha. Os demais dependentes pagarão 50% no valor desses procedimentos.
 
O investimento mensal é de R$ 24,20 para cobertura familiar, e adesão ao Sintsepmi. A coordenação pretende ampliar o espaço com novas especialidades médicas em médio prazo. O Clube de Vantagens da Família mantém parcerias semelhantes em outras oito cidades da região, e o associado pode usufruir do atendimento em qualquer clínica conveniada, que faça parte da rede, inclusive em outros estados como Espírito Santo e São Paulo.  São mais de 250 cidades que mantém unidades ligadas ao Clube de Vantagens da Família.
 
Os investidores estão captando associados e mantém a clinica como ponto fixo para atender o servidor e esclarecer dúvidas. “Pedimos a aqueles que têm dúvidas para fazer contato na clínica do servidor por telefone (31) 3831-7282 que as atendentes vão direcionar para que a pessoa possa comparecer no local, ou vamos até a repartição explicar presencialmente o funcionamento do serviço. Já estamos visitando todos os setores da Prefeitura explicando detalhadamente como funciona o convênio. Não há carência e a pessoa será atendida imediatamente a aderir ao programa,” revelou o gestor do programa. (Site Euclides Éder)
ARTIGO ANTERIORARTIGO SEGUINTE

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificação

Send this to a friend