Unidades de saúde de Itabira realizam diagnóstico precoce de câncer de boca

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

 109 Visualizações

A Secretaria Municipal de Saúde de Itabira promove, até quinta-feira (07/06), a campanha para diagnóstico precoce do câncer de boca. Especialistas estarão à disposição em 17 unidades de saúde para fazer a avaliação e, em caso de suspeita, o usuário será encaminhado a exames complementares. A campanha é uma atividade em apoio ao Dia Mundial de Combate ao Câncer Bucal, celebrado em 31 de maio.

O objetivo da campanha é informar à população sobre os fatores de risco, esclarecer sobre a importância do autoexame e identificar lesões iniciais na boca, proporcionando o tratamento precoce da doença.

O público-alvo da campanha são as pessoas mais propensas a desenvolverem a doença, como os tabagistas, alcoólatras, pessoas que ficam expostas ao sol por longos períodos, pessoas que possuem alguma lesão na boca ainda não diagnosticada e pessoas que utilizam prótese dental mal adaptada.

Conforme alerta a equipe de saúde bucal da Secretaria Municipal de Saúde, é comum os pacientes confundirem tumor na boca com afta. Conforme explicam, o principal sintoma deste tipo de câncer é o aparecimento de feridas na boca que não cicatrizam por mais de duas semanas. Outros sintomas são pequenas ulcerações superficiais indolores, podendo sangrar ou não, e manchas esbranquiçadas ou avermelhadas nos lábios ou na mucosa bucal.

Sobre o câncer de boca

O Câncer de boca é um tumor maligno que pode ocorrer nos lábios, gengiva, bochechas, céu da boca, língua ou no assoalho de boca. É considerado um problema de saúde pública em todo o mundo e, segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), o risco estimado para a doença no Brasil é de 11,54 casos novos a cada 100.000 homens e 3,92 a cada 100.000 mulheres.

Dentre os principais fatores de risco da doença estão o fumo, combinado com o excesso de bebida alcoólica. A dieta também pode exercer um papel importante na prevenção deste tipo de câncer. Alguns estudos alertam que o aumento da ingestão de frutas e verduras contribui para a diminuição do risco de desenvolver a doença.

Para diminuir a incidência da doença é fundamental controlar os fatores de risco e, para reduzir a mortalidade e melhorar a qualidade de vida das pessoas acometidas pela doença, é necessário que haja diagnóstico precoce, que deve ser feito por meio de exame clínico dos tecidos bucais.

Cronograma para diagnóstico clínico

Unidade de Saúde

Data

Horário

PSF Barreiro

04 de junho

Das 13h às 16h

PSF Eldorado

04 de junho

Das 7h às 16h

PSF Fênix

04 de junho

Das 7h às 16h

PSF Pará

04 de junho

Das 7h às 16h

PSF Gabiroba Cima I

05 de junho

Das 7h às 16h

PSF Gabiroba Cima II

05 de junho

Das 7h às 16h

PSF Gabiroba Baixo

05 de junho

Das 7h às 16h

PSF Campestre

06 de junho

Das 7h às 16h

PSF Clóvis Alvim

06 de junho

Das 7h às 16h

PSF Vila Santa Rosa/Centro

06 de junho

Das 7h às 16h

PSF Chapada

07 de junho

Das 7h às 16h

PSF João XXIII/Machado

07 de junho

Das 7h às 16h

PSF Major Lage

07 de junho

Das 7h às 13h

PSF Nova Vista

07 de junho

Das 7h às 16h

PSF Pedreira I e II

07 de junho

Das 7h às 16h

PSF Santa Ruth/Santa Marta

07 de junho

Das 7h às 16h

Leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *