Unifei-Itabira é destaque no 25º Prêmio da Sociedade Mineira de Engenheiros

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

 137 Visualizações

O prof. Carlos Augusto de Souza Oliveira recebeu o prêmio concedido à Unifei, instituição com mais trabalhos classificados para a fase final

Foi realizada na sede da FIEMG, em Belo Horizonte, a cerimônia de premiação da 25ª edição do Prêmio Sociedade Mineira de Engenheiros (SME) de Ciência, Tecnologia e Inovação, na qual a Unifei obteve duas conquistas importantes.

A Unifei-Itabira foi homenageada por ter sido a instituição de ensino com o maior número de trabalhos classificados para a última fase de avaliação da competição. Foram cinco os projetos que representaram o campus nesta etapa.

Além disso, a pesquisa  intitulada “Avaliação da durabilidade de concretos fabricados com rejeitos da extração do minério de ferro e misturas binárias de aglomerante, cimento Portland e escória de alto-forno”, desenvolvida pelos alunos Fagner Ribeiro e Matheus Faria, recebeu o prêmio pelo 5º lugar geral.

Essa não é a primeira vez que a Unifei obtém um bom desempenho no Prêmio SME. Em 2015, Letícia Maria Costa Teixeira, da Engenharia da Mobilidade, também chegou ao 5º lugar com o trabalho “Caracterização de resíduos da Construção Civil Gerado no Município de Itabira e avaliação da sua Aplicação como Agregado Graúdo na Produção de Concretos”.

Estudante do curso de Engenharia de Materiais, Fagner fala sobre a satisfação em receber o prêmio:

“Foi um momento muito gratificante, pois o trabalho foi avaliado por profissionais da área e teve sua qualidade atestada. Isso nos incentiva a continuar o trabalho de pesquisa, tão pouco valorizado no Brasil, especialmente devido aos sucessivos cortes de orçamento das universidades, o que dificulta e/ou muitas vezes inviabiliza alguns procedimentos científicos.”

O discente também afirma que este reconhecimento pode motivar os demais estudantes da Unifei.

“Esse certamente é um incentivo aos outros alunos. A possibilidade de premiação impele o estudante a se dedicar ao máximo em seu ofício, seja em uma iniciação científica, um trabalho final de graduação ou outro. Além da condecoração, há o reconhecimento do profissional e incremento do currículo, o que pode ser um diferencial no futuro.”

Fagner Ribeiro recebeu o prêmio pelo trabalho desenvolvido junto ao colega Matheus Faria, que conquistou o 5º lugar na premiação

O professor Carlos Augusto de Souza Oliveira, orientador da pesquisa realizada por Fagner e Matheus, representou a Unifei durante o evento e se diz orgulhoso ao ver o estudo realizado por seus orientados ser aprovado por uma instituição como a SME. Carlos ainda destaca que as premiações são fruto do trabalho desenvolvido no campus:

“É uma conquista para toda a comunidade acadêmica. É uma demonstração do reconhecimento aos esforços da instituição, e nos motiva a buscar cada vez mais o desenvolvimento e o aprimoramento das atividades de pesquisa científica dentro da universidade.”

Abaixo, segue a lista dos trabalhos da Unifei que chegaram à última fase de avaliação:

Nomes Curso Título do Trabalho
Wanya Mendonça Carlos / Natália Beatriz de Souza Vaz Engenharia de Produção Aplicação da metodologia DMAIC e simulação computacional em um estabelecimento de reprografia e impressão
Natália Beatriz de Souza Vaz / Wanya Mendonça Carlos Engenharia de Produção Integração entre Lean Office e simulação a eventos discretos: uma aplicação no setor de vendas
Érika Mayumi Saito Tagima / Tales Henrique Carvalho Engenharia de Controle e Automação Aedes RFID – A tecnologia da radiofrequência em favor do combate à dengue
Felipe Mira Felicioni Engenharia de Produção / Engenharia Mecânica / Engenharia de Computação Robô Rádio controlado para inspeção de produtos metalomecânicos de alta periculosidade
Renan Puebla de Souza Engenharia de Produção A realidade virtual aplicada a um modelo personalizado de simulação a eventos discretos como ferramentas para melhoria do sistema de distribuição de medicamentos em um hospital
Fagner Ribeiro/ Matheus Faria Engenharia de Materiais “Avaliação da durabilidade de concretos fabricados com rejeitos da extração do minério de ferro e misturas binárias de aglomerante, cimento Portland e escória de alto-forno”

 

Leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *