Câmara aprova Plano de Mobilidade Urbana de Itabira

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

 123 Visualizações

O Plano Diretor de Mobilidade Urbana de Itabira (Projeto de Lei 37/2017), elaborado no governo passado, foi aprovado pela Câmara Municipal de Itabira nesta terça-feira, 8 de maio. A proposta foi discutida em diversas reuniões e rendeu elogios por parte dos vereadores, sobretudo pela abrangência do PlanMob.

A legislação exige que municípios com mais de 20 mil habitantes ou integrantes de regiões metropolitanas elaborem planos de mobilidade. Caso contrário, ficam impedidos de receber recursos federais para obras de infraestrutura viária.

“O crescimento de Itabira acompanhou uma estrutura urbana do século XVIII, com traçado desarticulado e vias estreitas, acompanhando o relevo montanhoso da cidade. As políticas no Plano de Mobilidade Urbana tratam de todos os modos e formas de transporte, incluindo transporte público e privado, de passageiros e de cargas”, diz trecho do projeto.

Com o PlanMob, a cidade deverá crescer de forma organizada, tornando, inclusive, o transporte público mais atrativo que o individual. Alguns vereadores, como André Viana Madeira (Pode), disseram que o plano permite a adoção de estratégias que reduzam o custo do transporte público, o que pode influenciar no valor da passagem.

Segundo turno

O Dia Municipal do Motociclista (Projeto de Lei 25/2018), do vereador Adélio Martins da Costa, Decão (MDB), e os relatórios contábeis da Câmara referentes ao mês de março foram aprovados mais uma vez pelos vereadores. Sobre a data comemorativa, Decão afirma que em todo último domingo de julho serão realizados seminários, ações educativas, palestras, conferências e atividades de lazer em homenagem aos que usam a motocicleta como hobby.

Leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *