CHUVA EM BH – Avenida Tereza Cristina é interditada por risco de transbordamento do Arrudas

(foto: Miron Teixeira)

Um temporal atinge Belo Horizonte desde as primeiras horas da manhã. Na Avenida dos Andradas, o volume de água do Ribeirão Arrudas subiu e assustou motoristas e moradores.

A Defesa Civil interditou a Avenida Tereza Cristina, na Região Noroeste, sentidos Centro e Contagem, por causa do risco de transbordamento do ribeirão. Houve alagamentos e enxurrada na Avenida Francisco Sá, no Prado.  

A Avenida Barão Homem de Melo ficou completamente alagada, nos dois sentidos, altura da sede do Sebrae. O muro de arrimo de um prédio caiu na rua Moreira Cezar, no bairro Gutierrez. Ninguém ficou ferido.

(foto: Paulo Filgueiras/EM/DA Press)

Uma van escolar ficou ilhada na Avenida Silva Lobo, esquina com Rua Coruripe. Três crianças foram retiradas pelos Bombeiros. A orientação é para que motoristas não transitem entre as avenidas Silva Lobo e Barão Homem de Melo, onde há diversos pontos de alagamento.

O Anel Rodoviário está engarrafado em vários pontos desde cedo.

(foto: Matheus Adler/EM/DA Press)
(foto: Matheus Adler/EM/DA Press)

A tempestade atinge as regionais Oeste e Centro-Sul e o Corpo de Bombeiros está recebendo vários pedidos de socorro.

Um mapa divulgado pela Defesa Civil municipal às 7h48 mostra a intensidade da chuva até aquele momento.  (veja abaixo). O mapa é atualizado a cada 10 minutos na conta do Twitter da instituição.

(foto: Reprodução/Twitter)
(foto: Reprodução/Twitter)

A BHTrans informa engarrafamentos nos principais cruzamentos da capital. Há retenções fortes nas avenidas Getúlio Vargas e Cristróvão Colombo. Sinais de trânsito estão em flash na rua Gonçalves Dias com Avenida Bias Fortes 3 na Avenida Álvares Cabral com rua Curitiba, provocando confusão entre os motoristas.

O trânsito também é muito lento na Avenida Afonso Pena sentido Mangabeiras, nos acessos ao Centro, no complexo da Lagoinha, na Avenida Pedro II e no elevado Helena Greco.

Às 8h25, a Defesa Civil informou que havia tendência de redução da chuva forte, na maior parte de BH e que a Regional Barreiro apresentava o maior indicativo de chuva com maior intensidade, conforme o radar meteorológico (veja abaixo)

(foto: Reprodução/Twitter)
(foto: Reprodução/Twitter)

O Instituto de Meteorologia Puc Minas/Tempo Clima informa que até as 8h43 já choveu 80mm, quase a metade da média histórica do mês de março, que é 163,5mm. A previsão é de que o fim de semana seguirá com temporais.

Veja os maiores volumes de chuva (mm) por Regional de sexta (2) de 0h até 8h50:

– Barreiro – 24,0 
– Centro Sul – 76,8
– Leste – 64,6
– Nordeste – 33,2
– Noroeste – 48,8
– Norte – 6,6
– Oeste – 94,2
– Pampulha – 1,0
– Venda Nova – 1,0

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.