Lateral-direito Patric revela prioridade defensiva e diz que tem estudado para evoluir

 89 Visualizações

src=”http://www.itatiaia.com.br/Admin/Conteudo/noticias/outros/alteral22-02-2018_19.jpg” alt=”Bruno Cantini/Divulgação” width=”850″ height=”501″>

Após iniciar a temporada no banco de reservas, o lateral-direito Patric foi titular em dois dos três jogos do Atlético sob o comando do técnico interino Thiago Larghi. Para se manter entre os 11 que começam as partidas, o jogador, alvo de muitas cobranças da torcida, sabe que tem desafios pela frente.

Ele garante que vem se preparando para superá-los e para seguir uma linha de evolução, priorizando uma função mais defensiva. “Eu tenho focado muito no trabalho, também estudado um pouco para cada dia evoluir mais, e meus companheiros têm me ajudado porque eu entendo que, primeiramente, a marcação é que vai me dar um crescimento para que as coisas saiam naturalmente”, comentou.

O jogador admite que, como qualquer outro, gosta de balançar a rede, mas prefere deixar essa responsabilidade para os companheiros que atuam mais à frente. “Fazer gol é importante, sem dúvida, dá confiança, dá moral, mas a gente tem um sistema defensivo forte e, com certeza, por nós termos um ataque forte, ele vai fazer gol. Nós vamos marcar e, aos poucos, a gente vai saindo para o jogo”, explicou.

O segundo jogo seguido de Patric como titular foi nessa quarta-feira (21), na goleada do Galo por 4 a 0 sobre o Botafogo-PB, pela segunda fase da Copa do Brasil. Agora, o Atlético tem o Tupi no domingo (25), pelo Campeonato Mineiro, e o Figueirense na quarta-feira (28), pelo torneio nacional. Mas o lateral não quer ser poupado. “A gente quer jogar, até mesmo porque precisa de ritmo de jogo e vai se soltando, ganhando confiança”, disse.

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.