sexta-feira, 30 outubro, 2020

Não mate macacos: ONG faz campanha de conscientização no interior

5
Visualizações
Os macacos não são inimigos, mas aliados na luta contra o avanço da doença

Os macacos não são inimigos, mas aliados na luta contra o avanço da doença

Com o crescimento de casos de febre amarela na Região Sudeste, várias pessoas passaram a caçar macacos nas áreas florestais e matá-los, acreditando, de forma equivocada, que os primatas são responsáveis pelo avanço da doença. Para evitar que mais animais sejam mortos, a Associação Mineira de Defesa do Ambiente (Amda) está fazendo uma grande campanha de conscientização no interior de Minas.

A associação entrou em contato com 30 prefeituras de Minas, incentivando a produção de faixas e publicações nas redes sociais com a informação de que os macacos não transmitem febre amarela. De acordo com a ONG, seis demonstraram interesse na proposta: Betim, Caeté, Nova Lima, Igarapé, Bonfim e Santa Luzia.

A primeira adesão veio de Catas Altas, que imediatamente publicou a arte enviada pela organização em sua página no Facebook. Rio Manso está providenciando a produção de faixas e publicação nas redes sociais.

A campanha é fundamental para mostrar às pessoas que os macacos não são os transmissores da doença e são fundamentais para que o poder público possa ter informações sobre a circulação do vírus da febre amarela – a morte de um macaco pela doença é um importante alerta para a realização de ações preventivas em uma determinada área.

A Amda alerta ainda: matar animais silvestres é crime ambiental (Lei de Crimes Ambientais – nº 9.605), com pena prevista de seis meses a um ano de prisão e multa.

Postagens Relacionadas

Próxima postagem
Inscreva-se
Notificação
guest
0 Comments
Inline Feedbacks
View all comments

Welcome Back!

Login to your account below

Create New Account!

Fill the forms bellow to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.