ATLÉTICO – Galo acerta com Palmeiras e fecha contratação de Erik por empréstimo

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

 73 Visualizações

Erik chegou como uma das grandes promessas do futebol brasileiro ao Palmeiras, mas não vingou – Foto: SE/reprodução

O Atlético fechou a segunda contratação para a temporada 2018. Trata-se do atacante Erik, do Palmeiras. O clube paulista, que já confirma o negócio, cederá o jogador de 23 anos por empréstimo de uma temporada.

O jovem atacante não será aproveitado pelo técnico Roger Machado. Para valorizá-lo, a diretoria alviverde optou pelo empréstimo. Ex-jogador do Goiás, Erik teve 60% dos direitos econômicos comprados em 2015 por 3 milhões de euros (cerca de R$ 13 milhões na cotação da época).

O Atlético já confirmou a contratação de Arouca, também ex-jogador do Palmeiras. O contrato com o experiente volante é por empréstimo de um ano. Ao fim desse período, o clube alvinegro poderá assinar novo vínculo com o atleta gratuitamente.

A diretoria atleticana ainda não oficializou a contratação de Erik. O clube aguarda a realização de exames médicos e posterior assinatura de contrato para anunciar publicamente o reforço.

A nova contratação faz parte dos planos do Atlético de ‘rejuvenescer’ o elenco para 2018. Erik chegou ao Palmeiras como uma das principais promessas ofensivas do futebol brasileiro, mas não conseguiu repetir as boas atuações que o fizeram ganhar notoriedade no Goiás.

Em 2016, foi mais acionado pelos técnicos Marcelo Oliveira e Cuca. Fez três gols em 30 jogos na temporada de estreia pelo clube alviverde. Na campanha do título brasileiro, foi acionado em 16 oportunidades. Erik, inclusive, garantiu a vitória do time na partida contra o Internacional, fora de casa – momento considerado importante na trajetória da equipe na competição.

Neste ano, entretanto, Erik perdeu espaço. Foram apenas 14 jogos disputados – e nenhum gol marcado. De acordo com dados do OGol, o atacante atuou apenas 551 minutos em 2018.

Características

Erik se destacou no Goiás. Chegou ao time profissional em 2013, mas começou a ser mais acionado nas duas temporadas seguintes. Em 2015, viveu o melhor momento da carreira ao anotar 19 gols em 48 jogos disputados (média de 0,4 por partida). Na equipe esmeraldina, atuava mais pelas pontas – em especial do lado direito.

No Palmeiras, atuou em diferentes posições. Jogou nos lados do campo, mas também teve boas aparições quanto foi escalado como centroavante. Erik é considerado um atacante de boa técnica e acumula convocações para as equipes de base da Seleção Brasileira.

Apesar de ser rápido, o jovem não é exatamente um jogador de velocidade e drible, perfil procurado pela diretoria atleticana. Entretanto, supre uma eventual carência no elenco alvinegro nas pontas. Para a posição, o Atlético conta atualmente com Luan, Valdívia (cujo contrato se encerra ainda no primeiro semestre de 2018), Otero e Clayton.

Juan Cazares e Robinho também podem jogar nesse setor do campo, mas preferem ser escalados no meio. O camisa 7, inclusive, está em fim de contrato com o Atlético e pode não permanecer na próxima temporada. Os volantes Gustavo Blanco e Elias também foram utilizados na posição durante 2017. Outra opção neste ano, Marlone deixa o clube.

Ficha técnica

Nome: Erik Nascimento Lima
Posição: Ponta/Centroavante
Naturalidade: Novo Repartimento (PA)
Altura: 1,72m
Data de nascimento: 18 de julho de 1994 (23 anos)
Pé preferencial: Direito
Clubes anteriores: Goiás (2013-2015) e Palmeiras (2016-2017)
Títulos: Campeonato Goiano (2013 e 2015) e Campeonato Brasileiro (2016)

*informações reproduzidas do Super Esporte

Leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *