Presidente do São Paulo descarta negociar Lucas Pratto com o Cruzeiro

 145 Visualizações

O presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, descartou nesta sexta-feira, durante apresentação de Raí como novo diretor-executivo, a venda do atacante Lucas Pratto ao Cruzeiro.

Segundo o mandatário tricolor, o Cruzeiro fez uma consulta oficial sobre Pratto durante a conversa relativa à compra do volante Hudson – que segue pendente -, mas sequer houve discussão de valores.
 
”O que se viu nas especulações, nas interpretações, nas divagações e até nas maldades que são próprias hoje em dia mais do que nunca porque os meios de comunicação, tão fartos e férteis, favorecem essa possibilidade. E na perspectiva da saída dele para o Cruzeiro, deu-se assim um enorme quadro de possibilidades, perspectivas, trocas, valores etc e tal, e quero aproveitar a oportunidade desse evento para dizer que o Lucas Pratto não foi sequer cogitado de ser negociado.

Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, admitiu consulta do Cruzeiro, mas descartou negócio (Foto: Rubens Ciri)
 
Eu simplesmente, no momento em que o Cruzeiro me consultou a respeito da negociação do Hudson, me perguntaram se eu negociaria (o Pratto) e eu disse não. E esse é o ponto. O São Paulo não está negociando o Lucas Pratto e não vai negociar o Lucas Pratto. Ponto”, disse o presidente.
 
Ao longo da semana, a imprensa paulista chegou a noticiar que o pedido de demissão do então diretor-executivo Vinícius Pinotti teve relação com divergências com o presidente Leco quanto à possível venda de Pratto ao Cruzeiro. 
 
Ao apresentar Raí como sucessor de Pinotti, Leco esclareceu que houve sim divergências com o ex-executivo, mas não as detalhou.

Antes de pedir demissão, Vinícius Pinotti declarou que o São Paulo poderia fazer uma representação contra o Cruzeiro na Fifa pelo fato de o clube mineiro ter procurado Lucas Pratto diretamente antes mesmo de informar a diretoria tricolor sobre o interesse em contratá-lo. (Superesportes)

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.