São Paulo revela procura direta do Cruzeiro a Pratto e promete representação na Fifa

 135 Visualizações

Cruzeiro nega consulta a Pratto e diz que soube da negociação com atacante pela imprensa

O Cruzeiro busca um atacante para reforçar o time que disputará a Copa Libertadores de 2018. A bola da vez seria Lucas Pratto, do São Paulo.

A diretoria mineira teria feito uma consulta ao jogador, fato que revoltou a cúpula são-paulina. O diretor executivo de futebol do Tricolor, Vinícius Pinotti, acusou o Cruzeiro de aliciamento e disse que o clube paulista fará uma representação na Fifa.
 
“O Cruzeiro aliciou o Lucas Pratto. O São Paulo vai fazer uma representação na Fifa. Não posso passar mais detalhes sobre isso”.
 
Pinotti também não quis confirmar se Alisson, meia-atacante do Cruzeiro, estaria nos planos do São Paulo para uma eventual saída de Pratto. A informação sobre a possível troca foi publicada nesta segunda-feira pelo jornalista Héverton Guimarães, da TV Bandeirantes. A Rede Minas, por sua vez, noticiou no domingo à noite o interesse da Raposa pelo centroavante argentino.
 
Procurado, o novo vice de futebol do Cruzeiro, Itair Machado, negou a proposta a Pratto e disse que ficou sabendo da informação pela imprensa. “Quem está acompanhando a situação financeira do Cruzeiro sabe que não procede”.
 
O empresário argentino Gustavo Goñi, principal responsável por gerenciar a carreira de Pratto, declarou à reportagem que o Cruzeiro não fez nenhuma consulta diretamente ao jogador. “Conosco ninguém falou. Assim, não tenho o que dizer”.
 
Goñi também foi indagado se haveria interesse de Pratto em defender o Cruzeiro, principal rival do Atlético, clube defendido por ele de janeiro de 2015 a fevereiro de 2017. “Não falo sobre suposições. O jogador tem contrato com o São Paulo”.
 
O representante ainda esclareceu que Mauro Lopes, advogado e contador de Lucas Pratto no Brasil, não tem autorização para negociar contratos pelo atleta. Ao Globoesporte, Lopes revelou uma proposta oficial do Cruzeiro, mas considerou a transferência difícil.
 
Outro que se manifestou sobre a procura do Cruzeiro foi André Cury, representante de Pratto no Brasil. Pelo alto investimento feito pelo São Paulo na compra de 50% dos direitos econômicos do atacante – 6,2 milhões de euros (R$ 20,6 milhões). Ele considera a transferência improvável.
 
“Certamente, o São Paulo não vai abrir mão de receber o que pagou. Já pagou uma parte, ainda tem outra para pagar no próximo ano”.
 
Tanto Goñi quanto Cury afirmaram a inexistência de uma cláusula que impeça a transferência de Pratto para o Cruzeiro, ainda que o Atlético seja detentor de metade dos direitos.
 

Procurado, o presidente do Atlético, Daniel Nepomuceno, não quis se manifestar.

Contratado a peso de ouro pelo São Paulo, Lucas Pratto disputou 51 jogos, marcou 14 gols e deu seis assistências. No Campeonato Brasilerio foram sete tentos em 35 apresentações. Seu melhor momento no Brasil foi a serviço do Atlético. Entre 2015 e 2017, ele marcou 43 gols e contribuiu com 13 assistências em 107 partidas. (informações reproduzidas do SuperEsporte)

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.