R$550 MIL – Hospital de Itabira recebe mais recursos de Emendas

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

 84 Visualizações

Fábio Ramalho esteve no hospital na última sexta-feira (24) – Foto: HNSD/divulgação

O vice-presidente da Câmara Federal, o deputado Fábio Ramalho (PMDB-MG), esteve em Itabira para visitar o Hospital Nossa Senhora das Dores (HNSD) a convite do seu provedor, Vaquimar José Vaz, que tem se encontrado com o parlamentar em Brasília. Na ocasião, o peemedebista anunciou o repasse de duas emendas parlamentares que totalizam R$ 550 mil e apoio à instituição em outras ações que possa demandar.

A primeira emenda, no valor de R$ 150 mil, já estava assegurada e depende apenas da sua liberação para ser utilizada pelo hospital. Aproveitando a sua vinda a Itabira, Fábio Ramalho anunciou mais R$ 400 mil para o hospital. Esses recursos são destinados para custeio, ou seja, podem ser usados para fazer pagamentos ou investir na estrutura física da instituição.

“O deputado Fábio Ramalho tem um acesso muito grande em Brasília e, como ele colocou, está empenhado em ajudar o Hospital Nossa Senhora das Dores nas questões em que precisar”, destacou Vaquimar Vaz.

Com um entendimento da importância das instituições filantrópicas para o serviço de saúde, sobretudo para aqueles que dependem do Sistema Único de Saúde (SUS), Fábio Ramalho garantiu que irá se esforçar para colaborar com o hospital. “Nós vamos continuar trabalhando para ajudar essa instituição e a população de Itabira”, assegurou.

A visita do vice-presidente da Câmara dos Deputados foi acompanhada pela vice-prefeita de Itabira, Dalma Barcelos (PDT); pelo deputado estadual Raimundo Nonato Barcelos “Nozinho” (PDT); e pela secretária municipal de Saúde, Rosana Linhares.

Outras ações

Fábio Ramalho não anunciou apenas emendas parlamentares ao HNSD. O deputado federal também prometeu se reunir com a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) e solicitar apoio da empresa para a execução de dois projetos no hospital: a reforma do sistema elétrico e a construção de uma nova lavanderia.

Com uma estrutura com mais de 40 anos, o HNSD conta com um aparato energético antigo e que limita a expansão dos seus serviços. Para modernizar o sistema é necessário ao menos a compra de um grupo gerador novo e outra subestação. O projeto de revitalização está em fase produção e está avaliado em R$ 3 milhões.

“O hospital não tem como crescer em alguns serviços devido a essa demanda de energia e não temos essa disponibilidade de energia. Já estamos formatando um projeto para reestruturar toda a logística de demanda energética do hospital”, explicou Vaquimar Vaz.

A lavanderia da instituição também está operando no seu limite e precisa ser expandida. O prédio em que atualmente funciona o almoxarifado do HNSD foi projetado para abrigar o serviço de lavagem de roupas, mas é preciso equipar o local. Fábio Ramalho se comprometeu a conseguir o auxilio da Cemig nesse processo.

Por fim, o HNSD vem lutando para credenciar mais dez leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Porém, esse credenciamento não aconteceu porque não há liberação dos recursos necessários para custear a estrutura destinada ao SUS. Esse é mais um pleito em que o deputado federal se comprometeu em ajudar.

Leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *