Número de mortos no terremoto do Irã sobe para 328

 139 Visualizações

Funcionário do Crescente Vermelho realiza trabalho de busca para encontrar sobreviventes em destroços de prédio destruído na cidade de Sarpol-e-Zahab, após terremoto (Foto: Pouria Pakizeh/ISNA/AP)

O número de mortos após o forte terremoto de 7,3 graus na escala Richter que assolou na noite deste domingo (12) a província de Kermanshah, no oeste do Irã, aumentou hoje para 328 e para mais de 2 mil feridos, segundo a televisão estatal do país. Informação da agência EFE.

As autoridades iranianas mobilizaram todos os corpos de segurança para acelerar os trabalhos de resgate e de retirada de escombros nas cidades de Kermanshah, as mais danificadas pelo tremor.

TREMOR

O terremoto aconteceu às 18h18 GMT (16h18 de Brasília), perto da cidade iraquiana de Halabja, na região fronteiriça com o Irã, a uma profundidade de 33,9 quilômetros, informou hoje o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês).

O Centro Sismológico da Universidade de Teerã, por sua vez, indicou que o terremoto no Irã foi de magnitude 4,5 e seu epicentro foi situado a uma profundidade de oito quilômetros na província de Kermanshah.

O Irã tem grande atividade sísmica e sofre terremotos com frequência. Os mais graves registrados até hoje ocorreram em dezembro de 2003 e em junho de 1990, e mais de 30 mil pessoas morreram em cada um deles. 

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.