Ex-aluna da Unifei Itabira ingressa em mestrado de uma das maiores fundações do país

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

 183 Visualizações

Polyana em sua apresentação de TFG

A engenheira de Saúde e Segurança pela Unifei-Itabira, Polyana Fernandes, ingressou no programa de mestrado da Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho (Fundacentro), o maior centro de pesquisa da América Latina na área de Segurança e Saúde no Trabalho (SST).

Criada em 1966, a Fundacentro é voltada para o estudo e pesquisa das condições dos ambientes de trabalho e dispõe de uma rede de laboratórios em segurança, higiene e saúde no trabalho, além de uma das mais completas bibliotecas especializadas do país.

Durante sua trajetória, Polyana teve de lidar com um impasse que, segundo ela, só foi resolvido graças ao curso de Engenharia de Saúde e Segurança da Unifei. O processo seletivo exigia que o candidato tivesse uma especialização em Ergonomia com prática em AET assistida para orientado.

A alternativa encontrada por ela, que acabava de concluir a graduação, foi enviar um e-mail para a fundação contando sobre o curso oferecido no campus, as disciplinas e práticas nele aplicadas e o seu Trabalho Final de Graduação (TFG), que foi orientado pelo professor Raoni Rocha. A partir dessas referências, ela recebeu o aval para dar prosseguimento ao processo seletivo, no qual foi aprovada.

Para Polyana, seu feito é um incentivo às pessoas envolvidas no curso, além de um reconhecimento à qualidade e ensino oferecidos pela Unifei. “Esta não é apenas uma conquista pessoal, mas também de todos os alunos, professores e pessoas envolvidas no curso de Engenharia de Saúde e Segurança. Quando ele se equipara a uma especialização, fica comprovada sua qualidade”, destaca.

O professor de Engenharia de Saúde e Segurança, Davidson Passos, ressalta que o caso de Polyana é uma prova da consolidação do curso nos últimos anos e explica como a área se fortaleceu desde 2010:

“Tivemos algumas dificuldades até institucionalizar o curso, em 2016, e transformá-lo em uma nova profissão, algo em que a Unifei é pioneira no país. Como reflexo prático dessa consolidação, temos o mestrado da Polyana, publicações em periódicos internacionais, nossos alunos trabalhando em grandes empresas, entre outros feitos. Então podemos dizer que, embora recente, o curso vem conquistando reconhecimento na área”.

Com o projeto do mestrado avalizado e a definição do Prof. José Marçal Jackson Filho como seu orientador, Polyana agradece quem a ajudou em sua trajetória e deixa um recado para seus colegas de curso:

“Estou muito animada pelo que virá e agradecida por todos que fizeram parte do meu caminho até aqui. Espero que outros alunos do curso de Engenharia de Saúde e Segurança tenham interesse em ir para a Fundacentro ou outras instituições de prestígio, para que sempre possamos trocar experiências e, de alguma forma, fazer diferença na vida de muitos trabalhadores por aí”.

Leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *