Um mês após atentado, morre 12ª vítima da tragédia de Janaúba

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

 89 Visualizações

A vítima, Geni Oliveira Lopes Martins, teve 60% do corpo queimado e morreu nesta segunda-feira (6)

Após se completar um mês da tragédia de Janaúba, no Norte de Minas, morreu na madrugada desta segunda-feira (6) a 12ª vítima do atentado. Geni Oliveira Lopes Martins estava internada no Hospital de Pronto-Socorro (HPS) João XXIII, desde o ataque na creche “Gente Inocente”. A vítima, funcionária da instituição, completou 63 anos na data da tragédia, ocorrida no dia 5 de outubro.

Geni teve 60% do corpo queimado pelo vigia Damião Soares Santos, de 50 anos, que derramou combustível no próprio corpo e em diversas crianças da creche e depois ateou fogo. Nove crianças morreram, além do vigia e a professora Heley Abreu Batista, de 43 anos, que salvou diversos alunos mesmo com o corpo em chamas. 

Mais de vinte pessoas ficaram feridas. Ainda de acordo com a Fhemig, três crianças e dois adultos seguem internados no hospital da capital mineira. 

OTempo

Leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *