Itabira, Política

Vereadores adiam votação que remaneja orçamento municipal

class=”aligncenter size-full wp-image-11388″ src=”https://www.viacomercial.com.br/wp-content/uploads/2017/11/vereadores-plenario.jpg” alt=”” width=”700″ height=”357″>Os vereadores decidiram adiar a votação do projeto de lei 91/2017 que “Dispõe sobre a ampliação do limite para abertura de créditos adicionais suplementares durante a execução do Orçamento Municipal no exercício de 2017”, com um pedido de vista feito pelo vereador André Viana Madeira (Podemos).

O texto garante ao prefeito Ronaldo Lage Magalhães (PTB) remanejar a verba entre as secretarias municipais em até 35% sem precisar pedir autorização à Câmara Municipal. Atualmente, ele tem o poder de remanejar 25%.

O aumento em 10% foi questionado pelos vereadores, que optaram por analisar a matéria por mais uma semana. O pedido de vista, teve o apoio dos oposicionistas Weverton Andrade “Vetão” (PSB) e Reginaldo Santos (PTB).

Ao justificar seu pedido André Viana disse que o projeto é vago e precisa ser melhor especificado. “Eu não posso carimbar uma verba que não sei onde ela será aplicada”, disse o vereador.

Já Vetão, afirmou que o tempo de análise do projeto durante a reunião de comissões da semana passada não foi suficiente para sanar todas as dúvidas.

“Tivemos uma reunião de comissões tumultuada, não deu temo de analisar todas as questões e eu não vou assinar um cheque em branco para ninguém. Acho que é pouco tempo para discutir uma questão como essa. Precisamos de sentar e discutir mais”, justificou o vereador.

O projeto volta à pauta na próxima terça-feira (7). 

ARTIGO ANTERIORARTIGO SEGUINTE

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificação

Send this to a friend