Itabira produz 9,6 milhões de toneladas de minério no 3º trimestre de 2017

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

 94 Visualizações

class=”aligncenter size-large wp-image-9672″ src=”https://www.viacomercial.com.br/wp-content/uploads/2017/10/vale-1-1024×538.jpg” alt=”” width=”940″ height=”494″>A Vale divulgou nesta quinta-feira (19) o seu relatório de produção do terceiro trimestre de 2017 e anunciou mais uma vez um recorde de produção que atingiu 95,1 milhões de toneladas de minério de ferro produzidas, aumentando em 3,3 milhões de toneladas em relação ao segundo trimestre deste ano. O crescimento da produção, relatou a mineradora, é devido principalmente à melhor performance operacional no Sistema Norte e ao S11D, em Carajás. Em Itabira, a produção de minério também teve um aumento significativo em comparação ao segundo trimestre. As minas itabiranas, responsáveis por aproximadamente 10% de toda a produção da Vale, renderam 9,6 milhões de toneladas de minério, enquanto o segundo trimestre registrou 9,07 milhões de toneladas. O crescimento entre os períodos corresponde à 5,9%. Em 2016 a produção itabirana no terceiro trimestre foi de 8,7 milhões de toneladas, o que corresponde a um aumento de 9,4% em 2017.

Quando os dados são analisados pela região, houve uma pequena queda na produção. O Sistema Sudeste, que compreende os complexos das minas de Itabira, Minas Centrais e Mariana, produziu 26,9 milhões de toneladas no terceiro trimestre de 2017, o que significou uma diminuição de 0,6 milhão de tonelada e de 0,3 milhão de tonelada em relação ao segundo trimestre de 2017 e ao terceiro trimestre de 2017, respectivamente. Isto se deveu, principalmente, à redução da produção em algumas minas com a finalidade de priorizar margens mais altas.

Na próxima quinta-feira (26) a Vale divulgará o seu Relatório Financeiro do terceiro trimestre deste ano. Após a divulgação, os principais executivos da mineradora realizarão webcasts (conferências de áudio em tempo real) com analistas e investidores para apresentar os resultados do trimestre.

Leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *