‘SEM RANCOR’ – Na volta ao Senado, Aécio diz ser vítima de ‘ardilosa armação’

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

 65 Visualizações

Julgamento da ação que pode beneficiar o senador afastado será na próxima quarta-feira – Foto: AE

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) voltou ao Senado Federal depois de ficar afastado por cerca de duas semanas. Em rápido discurso nesta quarta-feira (18), o tucano afirmou que é vítima de “ardilosa armação” e que vai provar a inocência durante o mandato. 

“Será no exercício do meu mandato que irei me defender das acusações absurdas e falsas que tenho sido alvo. Vítima de uma ardilosa armação, uma criminosa armação”, disse o senador. 

* LEIA MAIS SOBRE AS DENÚNCIAS CONTRA AÉCIO 

Depois, o tucano afirmou que não volta a exercer a função parlamentar com ódio ou rancor.

“No exercício deste mandato irei trabalhar a cada dia e a cada instante para provar a minha inocência. Fui alvo dos mais vis ataques nos últimos dias, mas não retorno a esta Casa com rancor e com ódio. Vim acompanhado da serenidade dos homens de bem e daqueles que conhecem a sua própria história. E a minha história é digna”, afirmou.

Nesta terça-feira (17), por 44 votos a 26, o Senado livrou Aécio de medidas cautelares impostas pelo Supremo – os ministros da Corte máxima haviam decretado o afastamento do tucano de suas funções parlamentares e o proibiram de sair de casa à noite por suspeita do recebimento de propina de R$ 2 milhões da JBS. O senador nega. (Da Agência Estado)

Leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *