Comportamento – Um elogio bem feito é uma das melhores recompensas que existem

O elogio bem dado é das melhores recompensas que existem. Pode ser a diferença entre sair do emprego para ganhar um pouco mais ou ficar por causa da valorização. Elogiar um funcionário não te deixa mais fraco, não tira seu poder, não te “rebaixa” ao nível do subalterno elogiado. Elogiar um colega não o coloca à sua frente na empresa, não coloca seu emprego em risco.

E elogio não é passe livre, não dá o direito de fazer o que quiser depois, é retorno sobre um trabalho, sobre uma atitude, sobre uma postura. Confundir elogio com admissão de derrota ou de inferioridade, com “mimar a outra pessoa” significa apenas uma coisa: você precisa pensar melhor sobre você mesmo.

A crítica bem feita tem o mesmo poder. É tão importante saber criticar quanto saber receber as críticas. São elas que geram movimento, corrigem rumos, fazem as pessoas perceberem novos pontos que merecem ser cuidados. Crítica aliada ao respeito é uma das maiores provas de que aquela relação profissional tem futuro.

Agora, a crítica vazia, que é mais um desabafo do que uma orientação é inócua, não traz benefícios, não melhora, só aumenta distâncias e dificulta o diálogo.

E isso nos leva à agressão. Qualquer colega, chefe, vizinho, amigo ou parente que recorra à agressão como um meio para o fim precisa ser confrontado sobre sua postura. Ou solenemente ignorado.

Porque a agressão, a ofensa desnecessária (existe alguma necessária?) é a resposta fácil a qualquer desafio. Diante de um problema ou de um debate? De alguém que pensa diferente de você? Xingue, humilhe, menospreze, generalize, diminua. É a resposta dos idiotas, cada vez mais comum, infelizmente.

Se eu consigo ser assim, sabendo elogiar e criticar, sem nunca agredir? Claro que não, mas penso sobre o assunto e olho para o que faço. É um ótimo começo. (Do portal Uai)

Leia Também!

Imposto de Renda – Faltam documentos? Saiba por que enviar declaração incompleta

Esta semana é decisiva para quem ainda não entregou a declaração do Imposto de Renda …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *