Glaucius Detoffol Bragança

Glaucius Detoffol Bragança – O que fizemos com a Democracia? Referências: Lulu, Obama e Ulysses

*Glaucius Detoffol Bragança, Advogado, Pós Graduado em: Direito Processual e Material do Trabalho, Direito Constitucional, Direito Tributário e Planejamento Tributário. Sócio Administrador de Guerra e Bragança Sociedade de Advogados com sede em Itabira – MG

Depois de 20 anos de ditadura militar em nosso país, chegamos à sonhada DEMOCRACIA. O movimento “Diretas Já” ecoa na memória dos mais vividos e é matéria de estudo dos mais jovens. A Constituição da República de 1988 contemplou, dentre diversos direitos: a liberdade de voto.

Existirá / Em todo porto tremulará / A velha bandeira da vida / Acenderá / Todo farol iluminará / Uma ponta de esperança.

Então, em 1989 o país elegeu Fernando Collor de Mello. Ele sofreu processo de Impeachment e foi afastado da presidência em razão de corrupção e fraudes financeiras. Assumiu o governo do país seu vice: Itamar Franco (aquele do “Fusquinha Itamar” … lembra?).

Em 1995 foi eleito Fernando Henrique Cardoso, qual ficou no poder até dezembro de 2002. Sofreu processos de Impeachment, mas manteve-se até o final sem ser retirado do Cargo. Recebeu duros ataques: conivência com corrupção, escândalo SIVAM, PROER, Caixa-dois de campanha, privatizações, etc…

Assumiu em 2003 Luiz Inácio Lula da Silva, que nos governou até o final de 2011.  Também sofreu processos de Impeachment, mas permaneceu até o fim de seus mandatos. Também sofreu duros ataques: Waldomiro Diniz (Assessor da Presidência) foi flagrado cobrando propinas para campanha eleitoral, Mensalão (deputados pagos com dinheiro público para aprovar Leis), falsos dossiês (“aloprados”), renúncia de Palocci após acusação de que era chefe de um esquema criminoso, Máfia das licitações para os Correios, dentre outros.

Logo em seguida foi eleita Dilma Rousseff que também sofreu duras críticas, processos de Impeachment e foi afastada do Cargo. Assumindo a Cadeira o seu vice: o atual Presidente Michel Temer (também pessoa que sofre diversas críticas pesadas).

Destaco ainda a prisão da Cúpula do Partido dos Trabalhadores (José Dirceu, Genuíno e Delúbio) ocorrida no final de 2012. Partido que estava pleno no Poder há mais de 10 anos.

Estamos próximos de 30 anos de “DEMOCRACIA”. O que fizemos? O que estamos fazendo?

E se virá / Será quando menos se esperar / Da onde ninguém imagina / Demolirá / Toda certeza vã / Não sobrará / Pedra sobre pedra

O mais novo capítulo: ontem foi mantida a condenação de Luiz Inácio Lula da Silva, por corrupção e lavagem de dinheiro. Pena: a 12 anos e 1 mês, regime: inicialmente fechado. Duvido muito que Obama ainda diga em frente às câmeras: “Esse O cara! Eu adoro esse cara”.

Lula foi nosso Presidente por, mais ou menos, 25% da nossa história democrática. Ou seja, quem foi o principal comandante do país por ¼ da nossa história eleitoral direta. Ele foi condenado com base a inúmeras provas tanto em primeira quanto em segunda instância CRIMINAL.

Caros leitores, os políticos espelham o povo que os elegeu. E uma vez eleitos… passam a espelhar para o mundo quem são todos os representados por eles. Tornam-se, automaticamente, referência.

Existirá / E toda raça então experimentará / Para todo mal / a cura

Quando será que perceberemos que é o nosso voto o responsável por eleger essas pessoas? Nós fabricamos boa parte de nosso destino. A cura para isto está em nós!

Este ano teremos novas eleições. Espero que possamos parar de envergonhar e apequenar a história de pessoas como Ulysses Guimarães e tantos outros que lutaram para que pudéssemos votar… para que pudéssemos ser cidadãos.

Enquanto isso / Não nos custa insistir / Na questão do desejo / Não deixar se extinguir / Desafiando de vez a noção / Na qual se crê / Que o inferno é aqui

Desafiemos! Queiramos! Podemos!

Converse com o colunista: glaucius@guerraebraganca.com.br

ARTIGO ANTERIORARTIGO SEGUINTE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *