Macaco é encontrado agonizando no bairro Panorama e carro Fumacê começa a pulverização  

Dando continuidade às ações de prevenção contra a febre amarela, seguindo orientações da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES/MG), a Prefeitura de Itabira realiza a partir desta sexta-feira (17), pulverização de inseticida – Ultra Baixo Volume (UBV) pesado – o tradicional fumacê contra os vetores (mosquitos) da febre amarela, em diversas regiões do município.

Por meio da Gerência Regional de Saúde (GRS), o Ministério da Saúde (MS) atendeu a solicitação da Prefeitura para aplicar o UBV pesado, já que, segundo Natália Franco Barbosa Andrade, diretora de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), “só o Ministério da Saúde pode fazer essa pulverização e tem um protocolo para esta ação”, declarou.

De acordo com Thereza Cristina Oliveira Andrade, superintendente de Vigilância em Saúde da SMS, o UBV pesado é recomendado porque Itabira está na “Categoria 3” – municípios com casos e/ou óbitos humanos ou epizootias (macacos mortos) confirmadas para febre amarela – do protocolo da SES/MG. No entanto, segundo a diretora Natália Franco, o fumacê não é indicado para a zona rural.

Cronograma

A pulverização de inseticida contra os vetores da doença começou na sexta-feira (17), às 17 horas, no bairro Panorama, local onde um macaco foi encontrado agonizando na tarde de hoje. “Por esse fato, começamos o fumacê pelo Panorama, seguindo pelas adjacências, bairros Água Fresca e São Marcos para uma cobertura maior”, ressaltou Natália Franco. No sábado (18), a ação acontece nos bairros Hamilton, Valença e Abóboras. No domingo (19), nos bairros Conceição e Areão. Já na segunda-feira (20), o fumacê será feito no bairro Amazonas.

A superintendente Thereza Andrade ressaltou que o protocolo desta ação é do MS que, deve permanecer na cidade pelos próximos dez dias. “O ciclo do fumacê acontece normalmente a cada três dias, então, passa no bairro uma vez e retorna depois de três dias. Um agente de endemias da SMS acompanha os técnicos do Ministério por uma questão geográfica, já que não conhecem as ruas e localidades”.

A diretora Natália Franco também explicou que o UBV não pode ser feito em dias chuvosos e com ventos fortes. “Além disso, só é feito no período da manhã, bem cedo, por volta das 5 horas ou no final da tarde, às 17 horas”. Ainda segundo ela, é necessário que a população mantenha as janelas abertas, proteja alimentos, aquários, gaiolas, bebedouros e comedouros de animais.

Em tempo 

Segundo informação da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES/MG), até o momento, foram notificados 1.094 casos de febre amarela, sendo que desses, 118      foram descartados e 339 são casos confirmados. Em relação aos óbitos, foram notificados 192, desses, 117 foram confirmados para febre amarela. Nenhum no município de Itabira.

Leia Também!

Praticante de Voo Livre cai na Serra dos Doze em Itabira

Na tarde desta sexta-feira, 23 de junho de 2017, por volta de 13hs20 a Central …